Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Líder de Cartaxo justifica apoio a Cássio e separa joio do trigo: “Eu o respeito, ele me respeita”


Líder de Cartaxo  justifica apoio a Cássio e separa joio do trigo: “Eu o respeito, ele me respeita”
O vereador Marco Antônio, do PPS, que é líder do governo na Câmara Municipal de João Pessoa, explicou a sua ausência na reunião que aconteceu na tarde da última terça-feira(22) com o governador Ricardo Coutinho (PSB), o prefeito Luciano Cartaxo (PT) e alguns vereadores, na Granja Santana.

Marco Antônio disse que sempre declarou publicamente ser defensor ardoroso da candidatura do senador Cássio Cunha Lima ao Governo da Paraíba e destacou que para o prefeito Luciano Cartaxo sua decisão não é nenhuma surpresa. “Minha campanha para vereador foi casada com a imagem do Senador e quando fui chamado pelo prefeito para ser líder da bancada ele já conhecia a minha posição”, afirmou.

O vereador destacou ainda que não vê problema algum que possa dificultar sua relação com Cartaxo e ressalta que a base do prefeito na CMJP é composta por várias legendas. “A base do prefeito é eclética e é natural que nesta campanha para governador os colegas procurem o local mais adequado de acordo com suas atuações políticas”, disse o parlamentar.

Sobre o posicionamento do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo em estabelecer aliança com o PSB do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, com o objetivo de eleger seu irmão Lucélio Cartaxo como senador da República, o vereador Marco Antônio entendeu como normal busca por alianças pelo político Cartaxo e afirmou: “Ele tem a opção política dele e é lógico que a gente deve respeitar. Assim como eu quero ser respeitado na minha opção também tenho que respeitar a opção do prefeito”, arrematou.



PB Agora

ADEUS: familiares, amigos e fãs começam a se despedir de Ariano


ADEUS: familiares, amigos e fãs começam a se despedir de Ariano
 O corpo do escritor Ariano Suassuna começou a ser velado no Palácio do Campo das Princesas, no Centro do Recife, ainda na noite de quarta (23). Por volta das 22h55, o caixão foi recebido por familiares, amigos e políticos, que participaram de uma celebração religiosa. As portas do palácio, que é sede do governo de Pernambuco, só foram abertas ao público por volta das 23h30, meia hora após o previsto inicialmente. Ariano morreu às 17h15 da quarta, vítima de uma parada cardíaca. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) no Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

Além dos familiares, muitos vestidos com a camisa do Sport Club do Recife, time de coração de Ariano, políticos estiveram na cerimônia realizada pelo frei franciscano Aloísio Fragoso. O ex-governador de Pernambuco e candidato à presidência, Eduardo Campos; o atual governador do estado, João Lyra Neto, e o candidato ao Senado e ex-ministro da Integração, Fernando Bezerra Coelho, além de parentes carregaram o caixão para o hall principal do Palácio. Ariano foi secretário de Cultura de Pernambuco e também assessor especial do governo de Campos.

Para a celebração familiar, o caixão foi coberto com as bandeiras da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), onde ele foi professor do curso de Letras, do Estado de Pernambuco e do Brasil. Durante a celebração religiosa, frei Aloísio relembrou a trajetória do dramaturgo e destacou a religiosidade de Ariano. "Lá em cima, Nossa Senhora pedirá que ele represente a peça O Auto da Compadecida", afirmou.

Na cerimônia, Germana Suassuna, neta de Ariano, leu um texto em homenagem ao avô. Ela destacou que o escritor viveu os últimos dias da forma que queria, no palco. Na última sexta-feira, ele apresentou sua última aula-espetáculo, no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), no Agreste pernambucano. Germana também destacou o apoio que todos os familiares darão a Zélia Suassuna, agora viúva de Ariano. "Meu avô foi o homem mais feliz do lado dela. E ela também foi a mulher mais feliz” Meu avô é simplesmente imortal", disse.

Na porta do Palácio, a fila de admiradores, que começou a se formar por volta das 23h, tinha muitos amigos e também fãs da figura pública de Ariano. O policial George Nascimento e sua mãe, Nelma Cristina, encontraram o escritor apenas uma vez na vida, mas guardaram o momento da lembrança. "Foi numa igreja. Vou sempre lembrar da pessoa que ele foi, um exemplo de ser humano", comentou Nelma.

Nascido em João Pessoa, quando a capital paraibana ainda se chamava Nossa Senhora das Neves, em 1927, ainda adolescente, Ariano Vilar Suassuna foi morar no Recife, onde terminou os estudos secundários e deixou seu nome marcado na cultura literatura brasileira, especialmente no teatro e na literatura.

Em 1946, na capital pernambucana, fundou o Teatro do Estudante de Pernambuco, junto com o amigo Hermilo Borba Filho. No ano seguinte, escreveu sua primeira peça teatral, Uma Mulher Vestida de Sol, seguida de Cantam as Harpas de Sião e Os Homens de Barro. Em 1955, escreveu sua obra mais popular, Auto da Compadecida, que conta as aventuras de dois amigos, Chicó e João Grilo, no Nordeste brasileiro. A peça foi adaptada duas vezes para o cinema, em 1969 e 2000.

Suassuna continuou criando, escrevendo peças de teatro, romances e poesias. O Santo e a Porca, Farsa da Boa Preguiça e Romance d’A Pedra do Reino e o Príncipe do Sangue do Vai-e-Volta são algumas das dezenas de obras dele. A maioria delas foi traduzida para outros idiomas, como francês, alemão, espanhol, inglês e holandês. Em 1989, passou a ocupar a Cadeira nº 32 da Academia Brasileira de Letras.

Obra

A primeira peça do escritor, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948. Ariano escreveu um de seus maiores clássicos, "O Auto da Compadecida", em 1955, cinco anos depois de se formar em direito. A peça foi apresentada pela primeira vez no Recife, em 1957, no Teatro de Santa Isabel, sem grande sucesso, explodindo nacionalmente apenas quando foi encenada – e ganhou o prêmio – no Festival de Estudantes do Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina. A obra é considerada a mais famosa dele, devido às diversas adaptações. Guel Arraes levou o “Auto” à TV e ao cinema em 1999.

Carismático, Suassuna esbanjou simpatia por onde passou. Mais recentemente, apresentou sua “aula-espetáculo” por todo o Brasil, onde ensinou formas de arte para o público e mostrou a riqueza da cultura do país, contando histórias, “causos” e piadas. Suassuna mostrou ao povo brasileiro como ele é inventivo, engraçado, esperto e interessante e provou que não existe nada do lado de lá das fronteiras que possamos invejar.

Em uma de suas últimas passagens por Brasília, Suassuna encerrou a aula-espetáculo valorizando, não sua obra, mas a de outro brasileiro. O escritor citou o filósofo Matias Aires como exemplo da qualidade nacional, mas também como um resumo da sua própria trajetória, "e da de todos nós", neste mundo.

“Quem são os homens mais do que a aparência de teatro? A vaidade e a fortuna governam a farsa desta vida. Ninguém escolhe o seu papel, cada um recebe o que lhe dão. Aquele que sai sem fausto, nem cortejo, e que logo no rosto indica que é sujeito à dor, à aflição, à miséria, esse é o que representa o papel de homem. A morte, que está de sentinela, em uma das mãos segura o relógio do tempo. Na outra, a foice fatal. E, com esta, em um só golpe, certeiro e inevitável, dá fim à tragédia, fecha a cortina e desaparece”, disse, então, Ariano Suassuna.

ABL - Com a morte de Suassuna, ABL perde o terceiro acadêmico em um mês. O presidente da Academia Brasileira de Letras, Geraldo Holanda Cavalcanti, e o o acadêmico Evanildo Bechara representarão a ABL no funeral de Suassuna, amanhã (24), em Paulista, região metropolitana do Recife. O escritor, dramaturgo e poeta paraibano morreu hoje (23), aos 87 anos, no Real Hospital Português, onde estava internado desde segunda-feira (21), por causa de um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico.

A ABL determinou luto oficial de três dias. Em nota divulgada logo após tomar conhecimento da notícia, Holanda Cavalcanti lembra o fato de que Suassuna é o “terceiro grande acadêmico” que a academia perde no espaço de um mês – ele se referia a Ivan Junqueira, morto no dia 3 deste mês, e a João Ubaldo Ribeiro, no dia 18.

“Estendemos à família de Ariano nossos profundos sentimentos de pesar. E, à multidão de seus amigos, leitores e admiradores no Brasil e no mundo, nossa solidariedade pela imensa perda. Ariano reunia em sua pessoa as extraordinárias qualidades de homem de letras e de intelectual no melhor sentido da palavra, alguém que, dispondo de uma cultura invulgar, era, ao mesmo tempo, um homem de ação. À sua maneira ocupava-se e preocupava-se com os problemas sociais, focado nos da sua região”, destaca o presidente da academia.

Redação com G1

quarta-feira, 23 de julho de 2014

FPM de Pitimbu Bloqueado e Câmara Municipal fica sem Duodécimo



A Prefeitura do Município de Pitimbu, localizado no Litoral Sul da Paraíba, teve seu FPM-Fundo de Participação dos Municípios,BLOQUEADO o motivo que acarretou o bloqueio foi o não pagamento da parcela referente a uma renegociação feita para regularização do PASEP do funcionalismo municipal.

Com esse bloqueio a Prefeitura de Pitimbu não conseguiu cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta - TAC assinado na Gestão Passada, além de desrespeitar a lei que fixa até o dia 20 (vinte) de cada mês o repasse do Duodécimo do Poder Legislativo Municipal pelo Poder Executivo.

Conforme as informações colhidas junto à Câmara Municipal, até o fechamento da matéria não se tinha notícias de como e de que forma a Prefeitura conseguiria fazer tal repasse. Tentamos também sem sucesso ouvir  representantes da Prefeitura.

Esperamos que tal situação seja resolvida o mais breve possível para que não haja nenhum prejuízo para a relação harmônica, equilibrada e independente de cada Poder.



Conexão Litoral Sul

Comissão técnica de Dunga terá Taffarel e Mauro Silva


Comissão técnica de Dunga terá Taffarel e Mauro Silva
O coordenador geral da seleção brasileira, Gilmar Rinaldi, e o técnico Dunga anunciaram nesta quarta-feira os nomes que formarão a comissão técnica da equipe principal. Dunga vai trabalhar com dois ex-companheiros de seleção: Claudio Taffarel e Mauro Silva. Seu auxiliar técnico será Andrey Lopes, com quem trabalhou no Inter em 2013.

Taffarel será o preparador de goleiros, função que vinha ocupando no Galatasaray, da Turquia. Em 2010, ele trabalhou como olheiro de Dunga, na Copa da África do Sul. O ex-volante Mauro Silva foi convidado a ser auxiliar de Dunga apenas nos próximos amistosos, justamente nos Estados Unidos, onde, juntos, conquistaram a Copa do Mundo como atletas em 1994.

De acordo com Gilmar Rinaldi, a CBF vai convidar ex-jogadores para acompanhar a equipe durante as viagens. "Vamos chamar jogadores que já foram campeões do mundo para termos este DNA em nossa equipe. Queremos que este profissional seja sempre o nosso olho crítico, apontando aquilo em que podemos melhorar."

Fábio Mahseredjian será o preparador físico, em substituição a Paulo Paixão. O único remanescente da comissão técnica de Luiz Felipe Scolari será o médico Rodrigo Lasmar, do Atlético-MG, que comandará o departamento médico. O novo assessor de comunicação e de imprensa é Vinícius Rodrigues, mas não foi divulgado se ele terá as mesmas funções do antigo diretor de comunicação, Rodrigo Paiva, demitido na semana passada.



Veja

Oi é multada em mais de R$ 3 millhões por violações de direitos


Oi é multada em mais de R$ 3 millhões por violações de direitos
 A empresa de telefonia Oi foi multada em R$ 3,5 milhões pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) por violação ao direito à informação, à proteção contra a publicidade enganosa, além do direito à privacidade e intimidade.

De acordo com o DPDC, órgão vinculado ao Ministério da Justiça, o serviço Navegador, disponibilizado aos consumidores do Velox, serviço de banda larga da Oi, mapeava dados de usuários para compor um perfil de navegação. Segundo as investigações, esses perfis eram comercializados com anunciantes, agências de publicidade e portais da web, para oferecer publicidade e conteúdo personalizados.

Em nota, o departamento informou que houve “violação aos princípios da boa-fé e transparência, além depublicidade enganosa”. O documento informa ainda que a Oi, “com o pretexto de melhorar a experiência de navegação, omitiu do consumidor informações essenciais sobre o serviço e suas implicâncias para a privacidade e segurança de dados pessoais.”

De acordo com o DPDC, o serviço da Oi violou também princípios fundamentais definidos pelo Comitê Gestor da Internet no Brasil, como a neutralidade da rede e o princípio da padronização e interoperabilidade. “A tecnologia do Navegador redireciona o tráfego do consumidor na internet e filtra seus dados, de modo a compor seu perfil de navegação, contrariando padrões da rede”, diz nota do departamento.

O valor da multa foi calculado, de acordo com o departamento, considerando critérios do Código de Defesa do Consumidor, como a “vantagem econômica auferida, a condição da empresa e a gravidade da conduta”.

O valor deverá ser depositado no Fundo de Defesa de Direitos Difusos (FDD) e será revertido para ações de proteção do meio ambiente, do patrimônio público e da defesa dos consumidores.

A reportagem da Agência Brasil tentou contato com a empresa Oi, mas não obteve resposta.


Agência Brasil

Jutaí apoiará Cássio e Lucélio


Jutaí apoiará Cássio e Lucélio
Após matéria do PB Agora, Jutaí vai à tribuna e confirma apoio casado em Cássio/ Lucélio

presidente estadual do PRB paraibano, deputado estadual Jutaí Menezes subiu à tribuna da Assembleia Legislativa da Paraíba, na manhã desta quarta-feira (22), para explicar seu posicionamento político nas eleições deste ano ao apoiar o nome de Cássio (PSDB) para o Governo da Paraíba e o nome do petista Lucélio Cartaxo para o Senado Federal, que integram coligações distintas.

Primeiro o parlamentar disse que seu partido tem coerência e firmeza no que diz respeito aos projetos de desenvolvimento que beneficiem o povo da Paraíba. Ele explicou que a parceria com Luciano e Lucélio Cartaxo não surgiu agora, no período eleitoral, mas sim desde 2012, nas eleições municipais, quando o PRB apoiou a candidatura do PT à prefeitura de João Pessoa.

  “A parceria com Luciano e Lucélio vem desde a eleição municipal, nosso apoio  ao petista surgiu desde quando ele era o ultimo colocado naspesquisas, se as pessoas fazem pré-julgamentos é porque eles colocam aquilo que eles gostariam de fazer se estivessem no meu lugar”, disparou.
 
Jutaí continuou o discurso afirmando nunca ter feito barganha na administração municipal e que o cargo ocupado pelo PRB foi anunciado no início da gestão Cartaxo, através do nome de Sergio Meira, que foi alçado a titular da secretaria de Esportes.

“Nunca fizemos barganha na administração municipal, assumimos compromissos para contribuir com administrações, somos fieis e assumimos compromissos com aqueles que são coerentes com nossas propostas, ninguém pode dar o que não tem, só se pode dar o que tem, temos coerência, a única coisa que temos é a palavra”, falou.

E continuou: “Pessoas insinuam que o PRB está trocando apoio a Lucélio em troca de cargos, mas o nosso partido está com Luciano desde o primeiro dia do governo e agora a nomeação do pastor Edmilson não foi uma troca, foi uma substituição, o cargo que era ocupado pelo PRB estava vago”.

Jutaí também ratificou o apoio ao senador Cássio e lembrou que quando o tucano foi cassado, ele estava ao lado dele “sem esperar nada em troca”.

“Continuo votando nele mesmo que ele me peça para não votar nele, voto em Dilma mantendo a coerência do partido a nível federal, somos coerentes”, falou. Ontem o portal PB Agora trouxe matéria dando conta do suposto “drible” do PRB ao apoiar tucanos e petistas no Estado. A reportagem recebeu muitos comentários através das redes sociais e motivou o pronunciamento do parlamentar na tribuna da Casa.

LEIA TAMBÉM: Após escantear RC, PRB agora dá drible em Santiago e Cássio

 

PB Agora 

Alhandra realiza I Encontro de Agentes de Desenvolvimento da Zona da Mata Sul da Paraíba



O evento acontece pela primeira vez na cidade

A Sala do Empreendedor de Alhandra realizará, nesta sexta-feira (25), às 13h, na Sala de Reuniões da Secretaria de Educação, o I Encontro de Agentes de Desenvolvimento da Zona da Mata Sul da Paraíba no município. O evento que contará com a participação dos agentes de desenvolvimento de sete municípios, consultores e coordenadores do Sebrae-PB, é realizado nos municípios, com enfoque na promoção de ações voltadas para o empreendedor local.
O encontro tem o objetivo de promover o trabalho da Sala do Empreendedor de Alhandra e apresentar as experiências vivenciadas pelo órgão no município com os empreendedores locais desde a sua inauguração, em outubro do ano passado. Os participantes poderão conhecer os trabalhos desenvolvidos pela Sala do Empreendedor de Alhandra, como o trabalho de assessoramento aos empreendedores do município, as capacitações promovidas com os empresários locais e as parcerias desenvolvidas entre o produtor agrícola e o comerciante.
Segundo a coordenadora da Sala do Empreendedor de Alhandra, Laudenize Pergentino, a troca de experiências será um dos fatores importantes para o crescimento das atividades desenvolvidas nos municípios do litoral sul. “Vamos discutir as ações realizadas pelos agentes de desenvolvimento da Sala do Empreendedor e através da troca de experiências, buscar novas propostas de trabalho para serem realizadas junto com o empreendedor local”, disse.

Assessoria

Benjamin reúne lideranças em Sapé e firma compromissos


Benjamin reúne lideranças em Sapé e firma compromissos
Ladeado do ex-prefeito João de Utilar, de lideranças locais e de vários correligionários, o deputado federal Benjamin Maranhão (SD) reuniu centenas de militantes políticos, nesta quarta-feira (23), no município de Sapé, para mostrar as propostas, as estratégias e os compromissos de desenvolvimento para a região.

Engajado na luta em prol do trabalhador, o parlamentar se mostrou preocupado com a ausência de um hospital digno em funcionamento na região. Lá a população encontra dificuldades em localizar um atendimento que supra às necessidades, sendo obrigada a se deslocar para hospitais de cidades vizinhas em busca de socorro.

“Nós consideramos a ausência de um hospital digno para atender a população como sendo um problema grave, a saúde do trabalhador e da população em geral não pode ser colocada em segundo plano e nós temos o compromisso de, em Brasília, conquistar recursos que ajudem a solucionar essa dificuldade”, destacou.

Cerca de 300 pessoas lotaram o auditório, ouviram as propostas e também entregaram suas sugestões ao parlamentar. Benjamin também foi prestigiado pelos vereadores do município, que já anunciaram apoio a sua reeleição, tais como: Bainha, Robson e Pinheiro Junior, além de lideranças locais Tota, João Leôncio, Zé Leite entre outros.

“Política se faz ouvindo a população, procurando saber o que cada região necessita e eu, como deputado, sempre me propus a ser um elo entre a cidade e o Congresso Nacional, priorizando os investimentos certos a quem deles necessitar”, destacou.

DOBRADINHA

No município de Sapé Benjamin Maranhão firmou uma dobradinha com o candidato a deputado estadual, Arthur Cunha Lima Filho (PRTB). A dupla recebeu o apoio do público presente e deve fazer uma campanha casada na cidade.

“Arthurzinho esteve conosco, prestigiando a reunião e é mais uma grande força que se une em prol do desenvolvimento de uma Paraíba cada vez melhor” disse.


Assessoria de Imprensa 

“Cumpriu sua sentença.” Morreu nesta quarta-feira, o escritor paraibano Ariano Suassuna


“Cumpriu sua sentença.” Morreu nesta quarta-feira, o escritor paraibano Ariano Suassuna
Morreu no Recife, nesta quarta-feira (23), o escritor, dramaturgo e poeta paraibano Ariano Suassuna, aos 87 anos. Ele estava internado desde a noite de segunda (21) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Português, onde foi submetido a uma cirurgia na mesma noite após sofrer um acidente vascular cerebral (AVC) do tipo hemorrágico.

A cirurgia durou aproximadamente uma hora e ele havia passado a noite bem, sendo transferido para a UTI neurológica. A operação foi feita para a colocação de dois drenos que controlariam a pressão intracraniana. Na noite de terça-feira (22), o quadro dele se agravou, devido a "queda da pressão arterial e pressão intracraniana muito elevada", conforme foi informado em boletim.
 
Na aula-espetáculo, Ariano mistura causos, informações sobre elementos da cultura popular nordestin a (Foto: Costa Neto / Secretaria de Cultura de Pernambuco)
 
Em 2013, Ariano foi internado duas vezes. A primeira delas em 21 de agosto, quando sentiu-se mal após sofrer um infarto agudo do miocárdio de pequenas proporções, de acordo com os médicos, e ficou internado na unidade coronária, mas depois foi transferido para um apartamento no hospital. Recebeu alta após seis dias, com recomendação de repouso e nenhuma visita.

Dias depois, um aneurisma cerebral o levou de volta ao hospital. Uma arteriografia foi feita para tratamento e ele saiu da UTI para um apartamento do hospital, de onde recebeu alta seis dias depois da internação, no dia 4 de setembro.

Na aula-espetáculo, Ariano mistura causos, informações sobre elementos da cultura popular nordestin a (Foto: Costa Neto / Secretaria de Cultura de Pernambuco) Ariano Suassuna nasceu em 16 de junho de 1927, em João Pessoa, e cresceu no Sertão paraibano. Mudou-se com a família para o Recife em 1942. Mesmo com os problemas na saúde, ele permanecia em plena atividade profissional. "No Sertão do Nordeste a morte tem nome, chama-se Caetana. Se ela está pensando em me levar, não pense que vai ser fácil, não. Ela vai suar! Se vier com essas besteirinhas de infarto e aneurisma no cérebro, isso eu tiro de letra", disse ele, em dezembro de 2013, durante a retomada de suas aulas-espetáculo.

Em março deste ano, Ariano foi homenageado pelo maior bloco do mundo, o Galo da Madrugada. Ele pediu que a decoração fosse feita nas cores do Sport, vermelho e preto, e ficou muito contente com a homenagem. “Eu acho o futebol uma manifestação cultural que tem muitas ligações com o carnaval”, disse, na ocasião.

No mesmo mês, o escritor concedeu uma entrevista à TV Globo Nordeste sobre a finalização de seu novo livro, “O jumento sedutor”. Os manuscritos começaram a ser trabalhados há mais de trinta anos.

Na última sexta-feira, Suassuna apresentou uma aula espetáculo no teatro Luiz Souto Dourado, em Garanhuns, durante o Festival de Inverno. No carnaval do próximo ano, o autor paraibano deve ser homenageado pela escola de samba Unidos de Padre Miguel, do Rio de Janeiro.

Obra A primeira peça do escritor, "Uma mulher vestida de sol", ganhou o prêmio Nicolau Carlos Magno em 1948. Ariano escreveu um de seus maiores clássicos, "O Auto da Compadecida", em 1955, cinco anos depois de se formar em direito. A peça foi apresentada pela primeira vez no Recife, em 1957, no Teatro de Santa Isabel, sem grande sucesso, explodindo nacionalmente apenas quando foi encenada – e ganhou o prêmio – no Festival de Estudantes do Rio de Janeiro, no Teatro Dulcina. A obra é considerada a mais famosa dele, devido às diversas adaptações. Guel Arraes levou o “Auto” à TV e ao cinema em 1999.

O escritor considera que seu melhor livro é o “Romance d´A Pedra do Reino e o príncipe do sangue do vai-e-volta”. A obra começou a ser produzida em 1958 e levou 12 anos para ficar pronta. Foi adaptada por Luiz Fernando Carvalho e exibida pela Rede Globo em 2007, com o nome de "A pedra do reino".

Na década de 70, Ariano começou a articular o Movimento Armorial, que defendeu a criação de uma arte erudita nordestina a partir de suas raízes populares. Ele também foi membro-fundador do Conselho Nacional de Cultura.

Após 32 anos nas salas de aula, Suassuna se aposentou do cargo de professor da Universidade Federal de Pernambuco, em 1989. O período também ficou marcado pelo reconhecimento nacional do escritor – Ariano tomou posse na cadeira 32 da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Rio de Janeiro, em 1990.

G1

CLIMA QUENTE: visita de Michel Temmer a Paraíba será um verdadeiro muro das lamentações


CLIMA QUENTE: visita de Michel Temmer a Paraíba será um verdadeiro muro das lamentações
Diversos filiados do PMDB nas mais diferentes regiões do estado, irão ao encontro do vice-presidente da República Michel Temmer, que visita a Paraíba nesta quinta (23), para externar insatisfações em torno da falta de sintonia dos filiados da legenda com a candidatura ao Governo do Estado do senador Vitalzinho (PMDB).


Um dos principais insatisfeitos com a conduta de uma grande quantidade de filiados é o coordenador da campanha de Vital no Sertão Célio Mangueira, que relatou que somente na sua região mais de doze prefeitos do PMDB não acompanham a postulação de Vitalzinho.


Outra queixa que será relatada a Temmer é a campanha descasada praticada pelo candidato ao Senado José Maranhão (PMDB), que vem conquistando inúmeros apoios de aliados do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e do governador Ricardo Coutinho (PSB).


“São várias dobradinhas que estão sendo firmadas e a campanha de Vital está sendo esquecida”, pontuou um dirigente cobrando coerência a Zé Maranhão e da grande maioria de prefeitos do PMDB que não abraçam a campanha do partido.


AGENDA: O presidente nacional do PMDB, vice-presidente da República e novamente candidato a vice-presidente, Michel Temmer, chega João Pessoa, às 10h, desta quinta-feira, e segue para a sede do partido, onde concede entrevista coletiva a partir das 11h. Em seguida, Temmer se reúne com lideranças do partido.No encontro com lideranças, Michel Temmer, vai tratar das estratégias do partido para a campanha do senador Vital do Rego Filho ao governo do Estado, e da campanha de reeleição da presidenta Dilma Rousseff e dele próprio no Estado.O vice-presidente deixa a Paraíba às 13h.  


Henrique Lima 

PB Agora

Fênnix vence Boca juniors, e conquista a primeira copa litoral sul de beach soccer



       Depois de quase um mês de competição, Fênnix e Boca Junior,  fizeram a grande final da primeira copa litoral sul de beach soccer masculino, categoria sub - 20. O evento patrocinado pela FPBS, foi um grande sucesso. Centenas de pessoas compareceram na manhã deste domingo 20/07, à arena montada na orla marítima de Pitimbu, para prestigiar a partida decisiva entre duas tradicionais equipes, tanto do futsal quanto do beach soccer Pitimbuense.  O Boca, vinha de uma vitória fácil sobre a equipe da Big bunda por 8 x 0, nas semifinais do sábado. Já o time alviverde se credenciou a partida final, ao vencer o Vila nova por 1 x 0, nas penalidades alternadas, depois de empatar tanto no tempo regulamentar quanto na prorrogação em 0 x 0.   



                                                                          
















  
  A   PARTIDA


              a partida foi bastante disputada, com as equipes criando diversas oportunidades de gols, inclusive nos tiros livres, mas foi o time do Boca juniors que primeiro balançou as redes, e em seguida aumentou o placar. Aos poucos o Fênnix foi se encontrando dentro das quatros linhas, tocando bem a bola, equilibrando bem a partida e  aproveitando melhor as chances de gols, e ao final dos 36 minutos, divididos nos três tempos, logrou com êxito uma vitória sofrida, mas bastante comemorada por 5 x 4, sagrando - se campeão da primeira copa litoral sul de beach soccer masculino. os gols do Fênnix foram marcados por Jefferson(2), Vitor(2), e Diogo(1), enquanto Gilmar(2), Edu(1), Bolo(1), descontaram para o time do Boca juniors.    

Diogo, eleito o melhor jogador da copa litoral sul de beach soccer



Fonte: Blog Pitimbu Esporte 

GUARDA MUNICIPAL USA REDE SOCIAL PARA DENUNCIAR IRREGULARIDADE E OPRESSÃO POR PARTE DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE PITIMBU






Fonte: https://www.facebook.com/guarda.pitimbu.1?fref=ts

terça-feira, 22 de julho de 2014

Ibope mostra Dilma com 38%, Aécio com 22% e Campos com 8%

No levantamento anterior, Dilma tinha 39%, Aécio, 21% e Campos, 10%.
Instituto ouviu 2.002 eleitores em 143 cidades entre sexta e segunda.

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) mostra Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, com 38% das intenções de voto para presidente da República. Em seguida, aparecem o senador Aécio Neves (PSDB), com 22%, e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 8%.
No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%.
Na pesquisa desta terça, Dilma, com 38%, tem um ponto percentual a mais que a soma de todos os outros candidatos (37%). Por isso, de acordo com o instituto, não está definido se haverá segundo turno.
O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.
Encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo", a pesquisa é a primeira do Ibope após o registro das 11 candidaturas a presidente no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 5.
Confira abaixo os números do Ibope, segundo a pesquisa estimulada, em que os nomes de todos os candidatos são apresentados ao eleitor (os candidatos que aparecem com 0% são os que tiveram menos de 1% das menções cada um):
- Dilma Rousseff (PT): 38%
Aécio Neves (PSDB): 22%
- Eduardo Campos (PSB): 8%
- Pastor Everaldo (PSC): 3%
- Luciana Genro (PSOL): 1%
- Zé Maria (PSTU): 1%
- Eduardo Jorge (PV): 1%
- Eymael (PSDC): 0%
- Levy Fidelix (PRTB): 0%
- Mauro Iasi (PCB): 0%
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%
- Branco/nulo: 16%
- Não sabe/não respondeu: 9%
O Ibope fez a pesquisa entre as últimas sexta (18) e segunda (21). O instituto ouviu 2.002 eleitores em 143 municípios. A margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso quer dizer que o instituto tem 95% de certeza de que os resultados obtidos estão dentro da margem de erro. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-00235/2014.
Pesquisa espontânea
Na parte da pesquisa em que os entrevistadores do Ibope simplesmente perguntaram ao eleitor em quem votará (sem apresentar a ele a relação dos candidatos), 26% mencionaram Dilma. Veja abaixo:
- Dilma Rousseff: 26%
- Aécio Neves: 12%
Eduardo Campos: 4%
- Outros: 2%
- Brancos/nulos: 17%
- Não sabe/não respondeu: 39%
Segundo turno
O Ibope fez simulações de segundo turno entre Dilma e Aécio e entre Dilma e Campos. Os resultados são os seguintes:
Dilma Rousseff: 41%
- Aécio Neves: 33%
- Branco/nulo: 18%
- Não sabe/não respondeu: 8%
- Dilma Rousseff: 41%
- Eduardo Campos: 29%
- Branco/nulo: 20%
- Não sabe/não respondeu: 10%
Rejeição
A pesquisa aferiu a taxa de rejeição de cada um dos candidatos, isto é, aquele em quem o eleitor diz que não votará de jeito nenhum. Dilma tem a maior rejeição e Eduardo Jorge, a menor:
- Dilma Rousseff: 36%
- Aécio Neves: 16%
- Pastor Everaldo: 11%
- Zé Maria: 9%
- Eduardo Campos: 8%
- Eymael: 8%
- Levy Fidelix: 8%
- Luciana Genro: 6%
- Mauro Iasi: 6%
- Rui Costa Pimenta: 6%
- Eduardo Jorge: 5%
- Poderia votar em todos: 13%
- Não sabe/não respondeu: 17%
Expectativa de vitória
De acordo com o Ibope, 54% dos entrevistados (independentemente da intenção de voto) acham que o futuro presidente da República será Dilma Rousseff; 16% opinaram que será Aécio Neves; 5% acreditam que será Eduardo Campos.

Do G1, em Brasília

Comissão é criada para discutir conflitos agrários na Paraíba

Comissão foi criada na manhã desta terça-feira (22), em João Pessoa.
Ela irá discutir oito pontos apresentados por representantes do MST.

Do G1 PB
Representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) se reuniram, na manhã desta terça-feira (22), com integrantes da Secretaria de Desenvolvimento Humano da Paraíba (Sedh), da Polícia Militar e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), em João Pessoa,  para discutir a questão das ocupações do Movimento na Paraíba. No encontro foi definida a criação de uma comissão que irá analisar oito pontos apresentados pelos representantes do MST, com a primeira reunião marcada para 1º de agosto.
A comissão será formada por representantes do MST, Secretaria de Desenvolvimento Humano, Secretaria de Segurança Pública, Polícia Militar, Incra e movimentos sociais, para dar andamento prático aos pontos colocados em discussão. Durante o tempo de reuniões, tanto as ocupações como as ordens de despejo estão suspensas em todo estado da Paraíba.
Pontos apresentados pelo MST:
1. Cancelamento dos processos de reintegração de posse das seguintes áreas: Ouro Verde - Caaporã; Mangueiral - Soledade; Paraíso - Pilar; Retirada - Caaporã; Wanderley Caixa - Pedras de Fogo; Salgadinho - Mogeiro;
2. Rever o gerenciamento de conflitos que hoje é feito por uma pessoa e passar a ser feita por uma equipe;
3. Identificar e punir policiais que atuam como milícias
4. Solicitar presença do corregedor geral da polícia e da comissão de gerenciamento de crise nos momentos de despejo;
5. Proibir atuação de policiais de Pernambuco nos conflitos dentro da Paraíba;
6. Garantir estrutura de desocupação como presença de ônibus e caminhões;
7. Retração do pelotão de choque nas áreas de conflito;
8. Oficiar o Governo de Pernambuco para que seja investigada a atuação da PM daquele Estado na ação de ocupação da BR 101 no dia 18 de julho.

Aliada do Governador, prefeita de Conde anuncia apoio a José Maranhão

ttttAliada ao governador Ricardo Coutinho (PSB), a prefeita do município do Conde, Tatiana Corrrea (PT do B), decidiu apoiar o ex-governador José Maranhão (PMDB) para o Senado Federal. Tatiana também trouxe junto com ela todos os vereadores da Câmara Municipal.
O apoio foi selado durante reunião na noite desta segunda-feira (21) na sede do PR estadual.
Na ocasião, Maranhão, o deputado federal e presidente do PR na Paraíba, Wellington Roberto e a prefeita Tatiana conversaram para traçar ações conjuntas de campanha.
José Maranhão (PMDB) declarou que Roberto e Tatiana são nomes que também vieram somar à sua candidatura.
“Apoios como estes são fundamentais na consolidação do nosso projeto para a Paraíba. Tatiana e Roberto vieram somar e fortalecer os rumos da nossa candidatura”, avaliou o ex-governador.

Portal do Litoral PB com Assessoria/Alhandra em Foco