Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

terça-feira, 10 de setembro de 2013

PPS não acata tese de intervenção e decide dividir ala pró Gilma e pró Nonato para acordo


PPS não acata tese de intervenção e decide dividir ala pró Gilma e pró Nonato para acordo
Executiva Nacional do PPS não acata tese de intervenção e decide dividir ala pró Gilma e pró Nonato para acordo

Em reunião realizada nesta terça-feira (10), no anexo II da Câmara dos Deputados, em Brasília, a executiva nacional do PPS decidiu não acatar a tese de intervenção no comando do diretório do partido na Paraíba e determinou que a ala pró Gilma e a ala pró Nonato apresentassem três nomes (cada) para que uma comissão seja formada e o nome do novo presidente do partido seja escolhido de forma democrática.

Gilma Germano e o presidente nacional do PPS, Roberto FreireSegundo o prefeito de Bananeiras, Douglas Lucena (PPS), a decisão do presidente nacional Roberto Freire agradou toda a ala contrária a intervenção do partido.

“O presidente nacional entendeu que não haveria necessidade de intervenção no diretório do partido na Paraíba e determinou que, de forma democrática, a ala pró Gilma e a ala pró Nonato apresentassem três nomes cada, para que fosse formada uma comissão e, na semana que vem, decidido o melhor destino para o partido”, disse.

A ala contrária a intervenção no PPS e também à possível ascensão de Nonato Bandeira elegeu os nomes da deputada Gilma Germano, do prefeito de Baneiras Douglas Lucena, e do suplente Monacy Marques como seus representantes.

Já os nomes escolhidos pelo ala pró Nonato ainda não foram divulgdos, pelo menos por enquanto.

“Nessa reunião tivemos a oportunidade de falar, de colocar nossos posicionamentos para que não haja a necessidade de intervenção, então foi uma reunião bastante positiva que esperamos que tenham mais resultados positivos ainda”, comemorou o prefeito de Bananeiras.

O vice-prefeito de Areia, André Perazzo, também participou da reunião e comemorou a atitude do presidente nacional Roberto Freire em não se precipitar e só tomar uma decisão depois de ouvir todos os lados.

Na última semana, um integrante da comissão eleitoral nacional, Wober Lopes, disse que a legenda havia decidido por unanimidade dissolver o atual diretório estadual, que tem à frente a deputada estadual Gilma Germano. O novo presidente da comissão provisória do PPS seria então o vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira.

O presidente nacional da legenda, Roberto Freire, negou a decisão, mais uma vez, na reunião desta terça-feira.

Ainda nesta manhã, Gilma Germano já ratificava seu posicionamento contra a intervenção no diretório da Paraíba.

“Continuo na luta para que a intervenção no nosso diretório estadual não aconteça! Que a direção do PPS seja eleita pelos votos dos filiados, como fui! Não pode ser diferente, por respeito à democracia”, informou a deputada


Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog