Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Protesto do MST na BR-101: MPF intervém e libera rodovia


Protesto do MST na BR-101: MPF intervém e libera rodovia
Protesto ocorreu no dia de hoje no Km 3 da BR-101, na divisa entre Paraíba e Pernambuco.

O Ministério Público Federal na Paraíba interveio na tarde de hoje (10) em protesto de integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e conseguiu a liberação da rodovia. O protesto do MST fechou a BR-101, na divisa entre Pernambuco e Paraíba, por aproximadamente oito horas, causando grande congestionamento nos dois sentidos. Também participaram da negociação pela liberação da BR-101 representantes da Polícia Rodoviária Federal, unidades do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de Pernambuco e Paraíba, governos da Paraíba e Pernambuco e Assembleia Legislativa da Paraíba.

Segundo o procurador da República João Bernardo da Silva, que conseguiu chegar ao local do congestionamento em helicóptero da Polícia Rodoviária Federal, os manifestantes alegaram duas razões para o protesto: cobrar punição para os policiais militares invasores do assentamento Wanderley Caixe, localizado no município de Caaporã, e reivindicar a suspensão da ordem de reintegração de posse das terras da Usina Maravilha. Segundo os assentados, a ordem de reintegração foi concedida pelo juízo da comarca de Pedras de Fogo. Além disso, os manifestantes pediram providências concretas para a desapropriação das terras e respectiva distribuição entre os assentados.

Durante a negociação, ficou acertado que o Governo e a Polícia Militar de Pernambuco tomarão providências para investigar e punir eventuais abusos cometidos pelos policiais que invadiram o assentamento. Também ficou decidido que na segunda-feira (14/10), os representantes dos órgãos presentes na negociação vão se reunir com o juiz da comarca de Pedras de Fogo para apresentar o encaminhamento das questões e tentar adiar ou cancelar a reintegração de posse. Ainda ficou acertado que na quinta-feira (17/10), às 14h, os órgãos negociadores se reunirão na Procuradoria da República na Paraíba, na Capital, para agilizar o processo de desapropriação das terras ocupadas pelos assentados.

ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog