Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Em um ano, PIB de Campina cresce 7 vezes mais do que o da Capital


Em um ano, PIB de Campina cresce 7 vezes mais do que o da Capital
 O valor do Produto Interno Bruto da Paraíba (PIB) sofreu variação nominal de 11% entre 2010 e 2011, passando de R$ 31,947 bilhões, para R$ 35,443 bilhões. A maioria desse crescimento ocorreu devido às atividadeseconômicas do Setor Terciário, de bens e serviços. Os resultados foram divulgados nesta terça-feira (17) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Municipal e Estadual.


Segundo os números apresentados pelo IBGE, João Pessoa, Campina Grande, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux continuam como as principais economias da Paraíba, representando 57,8% do PIB estadual; os demais municípios somam 42,2%.


Em Campina Grande, a 125 km da Capital, o valor do PIB municipal passou de R$ 4,335 bilhões, em 2010, para R$ 5,339 bilhões, em 2011, um crescimento nominal de 23,2%. Os setores primário, secundário e terciário tiveram crescimento de 19,5%, 6,7% e 28,9%, respectivamente, o que contribuiu para o aumento da participação desse município na economia estadual, passando de 13,6%, em 2010, para 15,1%, em 2011.


Enquanto isso, João Pessoa teve um incremento nominal de apenas 3,2% no valor do PIB, passando de R$ 9,790 bilhões, em 2010, para R$ 10,107 bilhões no ano seguinte, e viu sua participação na economia estadual cair de 30,6%, em 2010, para 28,5%, no ano seguinte, uma redução de 2,1%. O IBGE divulga que essa alteração ocorreu devido ao crescimento de Campina Grande, o que pode parecer uma “ligeira desconcentração da economia paraibana”. Apesar da diminuição, João Pessoa continua como principal centro dinâmico da economia estadual.


O principal setor da atividade econômica da capital paraibana permaneceu sendo o terciário (ou de serviços), representando 75,1% do valor adicionado total do município. Na sequência, a pesquisa apontou o setor secundário, com 24,8%, e o setor primário (agropecuária, caça, pesca, silvicultura), com apenas 0,1%.


Menores PIB’s da Paraíba


Enquanto as cinco maiores cidades da Paraíba concentram mais da metade da economia, os municípios de Parari (R$ 10,482 milhões), Quixaba (R$ 10,507 milhões), Areia de Baraúnas (R$ 10,640 milhões), Amparo (R$ 10,929 milhões) e Coxixola (R$ 10,942 milhões) têm os menores valores do PIB no estado.


Cabedelo se mantém com o maior PIB per capita da Paraíba


O PIB per capita é a divisão dos valores do PIB pela quantidade de habitantes do município. Cabedelo, localizada na região metropolitana de João Pessoa, tem 63.035 mil habitantes em 15 km². O PIB per capita da cidade é o mais alto da Paraíba, saindo de R$ 42.484, em 2010, para R$ 47.402, em 2011, ou seja, um crescimento nominal de 11,6%, conforme os resultados.


Conde, também na Grande João Pessoa, subiu do terceiro para o segundo lugar no ranking do PIB per capita, passando de R$ 14.884, em 2010, para R$ 18.678, em 2011, com crescimento nominal de 25,5%.


Caaporã, ainda na região metropolitana da Capital, caiu da segunda para a terceira colocação no ranking do PIB per capita estadual, entre 2010 e 2011. Segundo os dados do IBGE, o valor passou de R$ 16.390, para R$ 17.239, respectivamente, tendo apresentado variação nominal de 5,2%.


João Pessoa aparece em sexto lugar no PIB per capita. A cidade que tem 769.604 habitantes, saiu de R$ 13.786, em 2010, para R$ 13.553, em 2011, um aumento de 1,7%. Campina Grande, com 400.002 habitantes, fica em sétimo lugar, saindo de R$ 13.775, em 2010, para R$ 11.256, no ano seguinte, com alta de 22,4%.


Distribuição regional do PIB da Paraíba


De acordo com o relatório com os números do Produto Interno Bruto no estado, a distribuição espacial do PIB está concentrada em três regiões geoadministrativas: João Pessoa, Campina Grande e Patos, a 305 km da Capital, no Sertão.


As três principais regiões representaram 74,1% do PIB estadual, em 2010, contra 74,0% de 2011.

Redação com Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog