Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

domingo, 5 de janeiro de 2014

Campeonato Paraibano ainda não tem estádio para começar


Campeonato Paraibano ainda não tem estádio para começar
A reunião realizada ontem no Ministério Público da Paraíba, para discutir a questão dos estádios para o Campeonato Paraibano de 2014, terminou sem definições. O Estadual segue confirmado para se iniciar no dia 12 de janeiro, mas existe a possibilidade de um novo adiamento. E os clubes ainda convivem com a possibilidade de mandarem seus jogos sem torcida.

Novas vistorias serão realizadas na segunda e na terça-feira e uma nova reunião foi programada para a quarta-feira para mais uma análise sobre a situação das praças esportivas.

De acordo com o procurador-geral do MP, Bertrand Asfora, serão realizadas vistorias no EstádioPerpetão, de Cajazeiras; no Estádio Marizão, em Sousa; no Estádio Amigão, em Campina Grande; e no Estádio Almeidão, em João Pessoa. A ideia é localizar os problemas existentes para que eles possam ser solucionados, tendo como foco a segurança dos torcedores.

O objetivo principal é permitir que a torcida tenha acesso aos jogos, mas ele diz que não recuará caso precise tomar uma decisão em sentido contrário.

"Nossa prioridade não são os clubes. Não vamos colocar o lado financeiro dos clubes à frente da promoção da cidadania e da segurança da população", destacou, após a constatação de que os cinco estádios vistoriados na semana - Toscanão (Lucena), Lundrigão (Caaporã), Bezerrão (Bananeiras), Pedrozão (Alhandra) e Renatão (Campina) também não têm condições de sediar jogos.

Apesar do discurso duro do procurador-geral, o Governo da Paraíba tenta minimizar os riscos de um campeonato sem torcida.

"Nesta vistoria vamos identificar tudo o que precisa ser feito para que os torcedores tenham o direito de comparecer aos jogos. E vamos trabalhar duro para nos adequarmos, mesmo que seja para que os estádios funcionem com capacidade de público reduzida", resumiu o secretário de Esportes, Tibério Limeira.

Discurso parecido teve o coronel José Almeida, da Polícia Militar da Paraíba, a quem cabe definir a capacidade de cada estádio. Segundo ele, a prioridade é a segurança do torcedor.

"A inspeção que faremos é para que tenhamos um Campeonato Paraibano com segurança", finalizou.



Jornal da Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog