Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Deputado tucano marca prazo limite para possível candidatura de Cássio


Deputado tucano marca prazo limite para possível candidatura de Cássio
 Os tucanos que querem a candidatura de Cássio Cunha Lima ao governo do Estado, tem pressa que o senador se decida. Isso porque, se quiser ser candidato a governador, o senador Cássio Cunha Lima precisa tomar uma definição rapidamente. De acordo com o especialista em pesquisa e diretor do Instituto Consult (RN), Paulo de Tarso, o prazo, segundo ele, não pode passar de fevereiro.


O especialista, entretanto, aconselha o ex-governador e o PSDB a encontrar a hora adequada, em caso de decisão por candidatura própria. “Nem pode antecipar muito e nem atrasar muito. Tem que encontrar a hora certa”, diz.

“O candidato mesmo que não seja candidato ele não pode sair dizendo que não é, porque daqui a pouco ele pode ser. O eleitor tem que se inserir num cenário pra saber que pode ter aquela opção”, explica Paulo.


Para ele, Cássio tem que construir esse cenário da eleição, o que ainda não está explícito. Em seu raciocínio, ele observa que quem sabe de sua candidatura e dos eventuais problemas internos com o governo e o que está acontecendo é só quem convive no cenário e na política”, “Esse tempo é curto pro político e longo pro eleitor. Para Cássio, a definição precisa ser urgente para ele ter tempo de ser recompor e dizer, se for o caso, a aliança acabou”, analisou Paulo de Tarso.


A opinião de Cássio é a mesma do deputado Ruy Carneiro. O presidente do PSDB na Paraíba, disse que “no máximo, em fevereiro, o partido sinaliza o caminho” a seguir na sucessão estadual. Particularmente, Ruy defende a candidatura de Cássio, mas entende que a decisão dependerá do próprio senador.



“É preciso agir de forma ética com a população e com o governo”, assinalou Carneiro. Para ele, “não teria sentido os tucanos permanecerem no governo até próximo do período eleitoral”, caso o PSDB decida por candidatura própria, na figura do senador Cássio Cunha Lima. Com a declaração Ruy sinalizou com a possibilidade de pedir futuramente aos tucanos para entregarem os cargos ao governo.


PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog