Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Justiça britânica isenta polícia de morte de jovem que gerou distúrbios

Mark Duggan foi morto pela polícia de Londres em 2011.
Ele era pai de 6 filhos e já tinha sido fichado pela polícia por 'crimes leves'.

Da France Presse

Pam Duggan, mãe de Mark Duggan, tem as lágrimas enxugadas por um familiar do lado de fora da Corte de Justiça de Londres, ao saber o resultado do julgamento (Foto: Stefan Wermuth/Reuters)Pam Duggan, mãe de Mark Duggan, tem as lágrimas enxugadas por um familiar do lado de fora da Corte de Justiça de Londres, ao saber o resultado do julgamento (Foto: Stefan Wermuth/Reuters)
A polícia britânica agiu corretamente ao matar Mark Duggan em Londres, em 2011, em uma morte que deflagrou uma onda de distúrbios em várias cidades inglesas - de acordo com os resultados da investigação judicial sobre o episódio, divulgados nesta quarta-feira (8).
Oito dos dez membros do júri reunido na Royal Court of Justice concluíram que a polícia agiu dentro da lei ao atirar em Mark Duggan, de 29 anos, no dia 4 de agosto de 2011. Segundo o júri, ele estava com uma pistola a bordo de um táxi no norte de Londres, quando foi interceptado durante uma perseguição, e teria jogado a arma da janela antes de ser morto.
Duggan era pai de seis filhos e já tinha sido fichado pela polícia por 'crimes leves', como posse de maconha e venda de objetos roubados.
Uma informação foi inicialmente apresentada, segundo a qual Mark Duggan havia atirado nos policiais. Testes balísticos mostraram, no entanto, que a bala encontrada no rádio de um dos agentes era de origem policial.
Mark Duggan era suspeito de estar armado e de ser membro de uma gangue. Ele levou um tiro no braço e outro no abdômen.
Logo após o anúncio da decisão, o irmão de Duggan insultou os jurados, enquanto amigos e familiares do rapaz gritavam 'assassinos, assassinos!'. Alguns socaram a porta do tribunal.
Essas investigações no sistema judicial inglês são realizadas para determinar as causas de uma morte, quando não forem claras. O júri deve escolher entre 'morte legítima', 'ilegítima', ou 'inexplicada'. Se o júri determinar que se trata de uma morte ilegítima, então, abre-se um processo.
Dois dias depois da morte de Dungan, o bairro popular de Tottenham, no norte da capital, sofreu uma explosão de violência que se espalhou para outras cidades, entre elas Manchester (noroeste da Inglaterrax) e Birmingham (centro).
Cinco pessoas morreram nesses confrontos, dezenas ficaram feridas, e foram registrados danos materiais de milhões de libras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog