Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Planalto anuncia ida de Mercadante para Casa Civil e Chioro para a Saúde

Atual secretário-executivo, José Henrique Paim assumirá Educação.
Ao menos outros sete ministérios devem passar por mudança de comando.

Do G1, em Brasília

A Presidência da República anunciou oficialmente nesta quinta-feira (30) a ida do atual ministro da Educação, Aloizio Mercadante, para a chefia da Casa Civil; e a escolha do atual secretário de Saúde de São Bernardo do Campo (SP), Arthur Chioro, para assumir o Ministério da Saúde. No lugar de Mercadante, assumirá o atual secretário-executivo do MEC, José Henrique Paim.
A posse dos novos ministros está marcada para a próxima segunda-feira (3), às 11h. Já as transmissões de cargo serão feitas em cada um dos ministérios no mesmo dia, à tarde. No momento do anúncio, feito por meio de nota divulgada pela Secretaria de Comunicação Social, a presidente Dilma Rousseff estava no Palácio da Alvorada.
Ao menos outros sete ministros atualmente no governo também devem deixar seus postos para se candidatar. São eles: Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Antônio Andrade (Agricultura), Aguinaldo Ribeiro (Cidades), Maria do Rosário (Secretaria de Direitos Humanos), Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário), Gastão Vieira (Turismo) e Marcelo Crivella (Pesca).
Além dessas pastas, há também expectativa de troca do comando da Secretaria de Relações Institucionais, ocupada atualmente por Ideli Salvatti, responsável pela articulação política com o Congresso.
Essa segunda etapa da reforma ministerial, que deve reacomodar no Executivo os partidos que compõem a base de apoio ao governo Dilma, deverá ser anunciada posteriormente.
 O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, em audiência pública na Comissão de Educação da Câmara (Foto: Antonio Cruz/ABr)Aloizio Mercadante deixa o Ministério da Educação
para assumir a Casa Civil (Foto: Antonio Cruz/ABr)
Aloizio Mercadante
Aloizio Mercadante Oliva, 59 anos, nasceu em Santos (SP), em 13 de maio de 1954. Formou-se em Economia, na Universidade de São Paulo (USP), e possui mestrado e doutorado na área. É professor licenciado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e da Universidade Estadual de Campinas.
A vida política começou em 1975, quando ele foi presidente do Centro Acadêmico da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP. Foi ainda presidente da Associação de Professores da PUC-SP e vice-presidente da Associação Nacional de Docentes do Ensino Superior (Andes).
Mercadante é um dos quadros do PT que fez parte da fundação da sigla. Em 1982, foi coordenador de programa de governo e de campanha ao governo de São Paulo. Em 1989, 1994 e 1998, coordenou a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência da República, sendo que, em 1994, foi vice na chapa de Lula.
O novo ministro da Casa Civil foi deputado federal por São Paulo por dois mandatos (entre 1991 e 1995, e entre 1999 e 2003) e senador, entre 2003 e 2010. Nesse período, foi líder de governo, líder do PT e presidente da Comissão de Assuntos Econômicos. Como deputado, participou da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) do Collor e do Orçamento.
Em 2010, o petista foi candidato ao governo de São Paulo, mas perdeu para o opositor tucano, Geraldo Alckmin. Após a derrota, Mercadante foi convidado, por Dilma Rousseff, a assumir o Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação. Depois, com a saída de Fernando Haddad, assumiu o Ministério da Educação em 2012.
Arthur Chioro  (GloboNews)  (Foto: Reprodução GloboNews)Atual secretário de Saúde de São Bernardo, Arthur
Chioro irá subtituir Alexandre Padilha na Esplanada
(GloboNews) (Foto: Reprodução GloboNews)
Arthur Chioro
Médico e pesquisador especializado em saúde coletiva, Ademar Arthur Chioro dos Reis, 50 anos, vai conduzir um dos programas tidos como carro-chefe do governo Dilma, o Mais Médicos. Ele acaba de retornar de uma viagem com a presidente a Cuba, onde o governo agradeceu pela transferência.
Concursado da Prefeitura de Santos (SP) desde 1989, Chioro já havia trabalhado no Ministério da Saúde anteriormente, como diretor do Departamento de Atenção Especializada entre 2003 e 2005.
Chioro se formou pela Fundação Serra dos Órgãos e especializou-se em medicina preventiva e social pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).  Anos depois, tornou-se mestre e doutor em saúde coletiva, cadeira que leciona na Faculdade de Fisioterapia Unisanta e na Faculdade de Medicina (Unimes). É também pesquisador na área de planejamento e gestão em saúde da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).
Em São Bernardo do Campo, o petista integra o primeiro escalão da prefeitura desde o primeiro mandato do atual prefeito Luiz Marinho, que foi eleito em 2008 e reeleito em 2012. Marinho é ex-ministro do Trabalho e da Previdência Social do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com quem mantém amizade próxima.
Chioro é ainda presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Estado de São Paulo, que reúne gestores de 645 cidades paulistanas.
 
O novo ministro da Educação, Henrique Paim (Foto: Valter Campanato / Agência Brasil)Secretário executivo do Ministério da Educação,
Henrique Paim foi promovido a titular da pasta
(Foto: Valter Campanato / Agência Brasil)
José Henrique Paim
Economista, com pós-graduação na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, José Henrique Paim Fernandes, 47 anos, ocupa a Secretaria Executiva do MEC desde 2006, na gestão de Fernando Haddad. Ele começou a atuar diretamente na área em 2004, após assumir a presidência do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia federal responsável pela execução de políticas educacionais do MEC. Ele ocupou o cargo até 2005.
Devido sua atuação no cargo como secretário-executivo do MEC, Paim ganhou a confiança do ex-ministro Haddad e virou o preferido para sua sucessão, em 2012. Mesmo cotado, Paim acabou preterido em favor do então ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, que assumiu o comando e o manteve na secretaria-executiva.
Veja a íntegra da nota do governo sobre as mudanças nos ministérios:
"NOTA OFICIAL
A presidenta Dilma Rousseff anunciou hoje mudanças no seu ministério. A ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, deixarão seus cargos.
Para a chefia da Casa Civil, a presidenta indicou o ministro da Educação, Aloizio Mercadante. O novo ministro da Saúde será o médico Arthur Chioro. O novo ministro da Educação será José Henrique Paim Fernandes, atual secretário-executivo do Ministério.
A posse dos novos ministros será na segunda-feira, às 11 horas, no Palácio do Planalto. As transmissões ocorrerão nos seus respectivos ministérios na segunda-feira à tarde.
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog