Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

Prefeito de Caaporã diz que protesto na cidade é politicagem


Prefeito de Caaporã diz que protesto na cidade é politicagem
OUTRO LADO: prefeito de Caaporã diz que protesto do Conselho Tutelar é mera politicagem


Após matéria publicada no PB Agora sobre um protesto a ser realizado na manhã desta sexta-feira (03) dos conselheiros tutelares da cidadede Caaporã a fim de reinvidicar o pagamento de salários atrasados, o prefeito da cidade, João Batista Soares (PMDB) enviou uma nota dando o outro lado da história. Ele negou atrasos em pagamentos e também a entrega de ofício dos servidores cobrando salários.

Ainda segundo o mandatário, o protesto teria causas políticas já que, de acordo com ele, não foi procurado pelos conselheiros para conversar.

Confira a Nota enviada ao Portal:


Um protesto organizado por um conselheiro tutelar de Caaporã programado para acontecer nesta sexta-feira (03), é um movimento totalmente politiqueiro. Foi o que garantiu o prefeito de Caaporã, Dr. João Batista Soares (PMDB), já que em momento algum ele foi procurado por representantes do órgão e nunca recebeu nenhum ofício ou comunicado sobre qualquer tipo de problema que esteja ocorrendo, como foi informado em matéria do PB Agora.

De acordo com o gestor, as “viúvas do atraso” não se conformam com as ações constantes de suaadministração, e vivem criando factoides para serem lembrados na cidade.


O prefeito declarou que o movimento articulado é financiado por um grupo político de oposição, os mesmos que por alguns anos saquearam o erário municipal e nada fizeram para melhorar a cidade, e sem ter o apoio da população local, estão pagando transportes para fazer com que moradores de cidades vizinhas participem do protesto, como bem informa a nota divulgada em um carro de som que circulou no município, onde pessoas de Alhandra, Pitimbu, Pedras de Fogo e Conde estão sendo convocadas para participar do protesto, já que o tal movimento não está sendo visto com bons olhos dentro de Caaporã, pois todos da cidade conhecem o organizador do movimento e sabem que ele quer somente se promover.


O prefeito Dr. João Batista se diz surpreso com o fato, por ele ter sempre um bom relacionamento com alguns conselheiros e pagar o aluguel da sede, porém, até o momento não foi procurado por eles para resolver qualquer impasse com a prefeitura e soube do caso apenas através de divulgação em um carro de som.


“Meu gabinete está de portas abertas, nossos secretários estão todos os dias trabalhando e nem eu e muito menos eles foram procurados pelos integrantes do Conselho Tutelar. Sabemos que não é a maioria que faz parte deste movimento”, declarou o gestor.

Dr. João finalizou pedindo que as pessoas não se deixem ser usadas como massa de manobra, para promover somente um representante do Conselho que todos em Caaporã sabem muito bem qual o seu lado político. “Essa pessoa que está pagando carro de som e transporte para trazer pessoas de outras cidades para Caaporã, desde que perdeu para vereador, insiste em causar constrangimento a minha gestão. Quero dizer aos verdadeiros conselheiros que exercem suas funções que podem ficar tranquilos, pois tudo vai ser resolvido”, garantiu o gestor.


Redação com Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog