Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Ex-Prefeito de Alhandra é alvo de inquérito por improbidade administrativa.

images (1)O Ministério Público Federal na Paraíba iniciou o ano de 2014 fechando o cerco contra o desvio de dinheiro público e o desperdício na aplicação dos recursos federais repassados às prefeituras, através de convênios e programas sociais mantidos pela União. Em janeiro deste ano, foram instaurados inquéritos civis para apurar indícios de irregularidades em 15 municípios.
A maioria envolve ex-prefeitos, a exemplo de Alhandra,Fagundes, Alagoa Grande, Livramento, Camalaú, São José dos Ramos, Salgadinho , entre outros.
Em Alagoa Grande, no Brejo, o procurador da República Sérgio Rodrigo Pimentel abriu inquérito “para apurar representação do município de Alagoa Grande em face do ex-gestor João Bosco Carneiro Júnior (2009-2012), em razão da não apresentação da devida prestação de contas dos recursos do PNATE (Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar), exercício 2011 ao FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação)”.
Outro ex-prefeito alvo de ação civil da MPF é Renato Mendes Leite, de Alhandra, no Litoral Sul. O procurador da República Yordan Moreira Delgado abriu inquérito, a partir de uma representação do Tribunal de Constas do Estado. O objetivo é “apurar a ocorrência de ato de improbidade consistente no recolhimento apenas parcial de contribuições previdenciárias pelo município de Alhandra, exercício 2008, na gestão de Renato Mendes Leite”.
Yordan ainda oficiou a Receita Federal a fim de obter informações a respeito da existência de ação fiscal que tenha apurado a regularidade do recolhimento de contribuições previdenciárias pelo município de Alhandra ao longo de 2008. Procurado, Renato não foi encontrado para comentar o inquérito.

Jornal da Paraiba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog