Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Vené corre por fora e avisa que PMDB está pronto para ‘qualquer cenário’ para o pleito 2014


Vené corre por fora e avisa que PMDB está pronto para ‘qualquer cenário’ para o pleito 2014
Vené corre por fora e avisa que PMDB está pronto para ‘qualquer cenário’, independente de racha PSDB/PSB


Pré-candidato a governador o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital do Rêgo, garantiu em declaração ao PBAgora, que o provável rompimento da aliança do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB) não irá afetar ou muda as estratégiasdo PMDB na corrida pelo Palácio da Redenção. Ele ressaltou que o PMDB apresenta-se como uma nova escolha diante de várias pessoas decepcionadas com a gestão e aliança entre PSB/PSDB.

E ainda frisou que, independente do quadro que venha a ser consumado, o PMDB não depende disso, depende da confiança do povo no trabalho do partido.

Veneziano reafirmou ainda que o PMDB terá candidatura própria e não dependerá de alianças com o PSDB para encabeçar a chapa, a menos que os tucanos estejam dispostos a apoiar sua candidatura e aceitando os dois cargos colocados à disposição, vice-governador e senador.

Ele relatou também que carrega uma grande carga, pois está em uma oposição sem instrumentos materiais e sem meios midiáticos, que é o mais almejado por políticos que se apresentam para um cargo importante como esse.

“Eu estou muito estimulado e este estímulo que tenho recebido, nas cidades que estou visitando, não é à toa. Ele acontece e vem principalmente por aqueles que encontramos nas ruas. A gente fica motivado porque eu gosto de fazer política no contato. Eu aprendi a fazer política assim, no contato, tanto na condição de dois mandatos de vereador quanto na condição de prefeito. É ouvir, ter o contato, estar próximo, no bom trato, educadamente, mas sabendo, acima de tudo, estreitar as relações porque, afinal de contas, a gente fortalece os nossos conceitos, as nossas concepções ouvindo as pessoas. E a resposta dos paraibanos, aonde quer que estejamos, em relação, não a Veneziano, mas a um processo de mudança, tem sido muito boa” declarou.

O peemedebista também prometeu fazer uma coligação competitiva. “Eu lamento que algumas legendas fiquem a reboque da agenda de outros partidos. O PMDB não espera pela decisão de ninguém”. O pré-candidato disse que espera até março uma disposição do PT de unir-se ao PMDB. “Tenho mantido contato com Leonardo Gadelha, Wellington Roberto e com o presidente Ricardo Marcelo”

Severino Lopes 

PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog