Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 31 de março de 2014

Ato pede punição a militares e criação de memorial na sede do DOI-Codi

Prédio hoje abriga o 36º DP, na região do Paraíso, em São Paulo.
Ato contou com presença de pessoas que foram torturadas no local.

Márcio PinhoDo G1 São Paulo
Manifestantes participam do ato público 'Ditadura Nunca Mais: 50 anos do golpe militar' na antiga sede do DOI-Codi, que agora abriga a 36ª Delegacia de Polícia (Vila Mariana), na Zona Sul de São Paulo (Foto: Nelson Antoine/Fotoarena/Estadão Conteúdo)Manifestantes participam de ato na antiga sede do DOI-Codi (Foto: Nelson Antoine/Fotoarena/Estadão Conteúdo)
Um ato realizado na manhã desta segunda-feira (31) em São Paulo lembrou os 50 anos do golpe militar e pediu punição aos militares responsáveis por torturas e assassinatos.
O evento foi realizado no local onde funcionou o Destacamento de Operações de Informações do Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-Codi) do 2º Exército, no bairro do Paraíso. Outro pedido dos manifestantes foi a transformação desse edifício, onde hoje funciona o 36º DP, em um memorial em homenagem às vítimas. O local já é tombado e considerado patrimônio histórico.
  •  
Parentes de vítimas e organizações realizam ato 'Ditadura Nunca Mais' no dia que marca os 50 anos do golpe que instituiu a ditadura militar no Brasil, na antiga sede do DOI-Codi em São Paulo (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo)Parentes de vítimas e organizações realizaram ato 'Ditadura Nunca Mais' no dia que marca os 50 anos do golpe  (Foto: Renato S. Cerqueira/Futura Press/Estadão Conteúdo)
(ESPECIAL "50 ANOS DO GOLPE MILITAR": a renúncia do presidente Jânio Quadros, em 1961, desencadeou uma série de fatos que culminaram em um golpe de estado em 31 de março de 1964. O sucessor, João Goulart, foi deposto pelos militares com apoio de setores da sociedade, que temiam que ele desse um golpe de esquerda, coisa que seus partidários negam até hoje. O ambiente político se radicalizou, porque Jango prometia fazer as chamadas reformas de base na "lei ou na marra", com ajuda de sindicatos e de membros das Forças Armadas. Os militares prometiam entregar logo o poder aos civis, mas o país viveu uma ditadura que durou 21 anos, terminando em 1985. Saiba mais.)
O ato foi convocado pela internet e reuniu cerca de 140 entidades. Grupos de teatro fizeram apresentações alusivas ao golpe militar. Foi exibida ainda uma gravação do então deputado Rubens Paiva, desaparecido durante a ditadura.
Maria Amélia de Almeida Teles, torturada no DOI-Codi (Foto: Márcio Pinho/G1)Maria Amélia de Almeida Teles, torturada no
DOI-Codi (Foto: Márcio Pinho/G1)
Os presentes leram em voz alta um manifesto em que chamaram o 31 de março de "Dia da Vergonha Nacional". O texto continha o nome das mais de 50 pessoas que morreram no prédio, entre eles o jornalista Vladimir Herzog. Em 2012, o Tribunal de Justiça de São Paulo determinou que o atestado de óbito de Herzog fosse revisado para incluir que ele morreu em razão de maus-tratos.
Pessoas que foram torturadas no local estiveram presentes. Maria Amélia de Almeida Teles, de 69 anos, foi torturada com sua família no local. Ela era membro do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Maria Amélia afirmou que o estado brasileiro ainda tem as "mãos sujas de sangue" por não promover medidas para punir os militares que participaram de torturas e assassinatos e esclarecer as mortes. "Isso impede o avanço da democracia", disse.
Anivaldo Padilha, que foi torturado e participou do evento com imagem de um amigo desaparecido no período da ditadura (Foto: Márcio Pinho/G1)Anivaldo Padilha, que foi torturado e participou do
evento com imagem de um amigo desaparecido
no período da ditadura (Foto: Márcio Pinho/G1)
Já Anivaldo Padilha, de 73 anos, emocionou-se ao chegar na antiga sede do DOI-Codi, onde foi torturado por mais de um mês em 1970. Ele era estudante e membro da Ação Popular. Após a prisão, ficou 13 anos exilado e morando em diferentes países. Nesse período, tinha pesadelos quase todas as noites. Foi quando conseguiu perdoar seus torturadores. "Eu percebi que o perdão às vezes é mais importante para quem perdoa do que para quem é perdoado", disse. Ainda assim, pede punição aos militares da época pelos crimes "contra a humanidade".
Ele também pede a criação de um memorial na sede do DOI-Codi. "Vamos estabelecer aqui um marco de memória para que nunca se esqueça o que aconteceu no Brasil", disse.

PM finaliza detalhes do edital do concurso para soldado


PM finaliza detalhes do edital do concurso para soldado
A Polícia Militar está finalizando os últimos detalhes do edital do concurso público para 520 soldados da PM e 80 bombeiros militares, totalizando 600 vagas para candidatos de nível médio. Os assuntos abordados, distribuição de vagas por gênero e região, testes e exames exigidos, assim como os requisitos para os candidatos estão passando pelos ajustes finais.

O comandante geral da Polícia Militar, coronel Euller Chaves, informouque, assim que o processo de elaboração do edital for concluído, a comissão do concurso e o comando geral da PM irão conceder entrevista coletiva à imprensa . “Iremos chamar toda imprensa em um primeiro momento, antes mesmo do lançamento do edital no Diário Oficial, para repassar os detalhes e divulgá-los amplamente para que o candidato possa dirimir todas as dúvidas sobre o concurso”, destacou.

O concurso público será composto por cinco etapas: exame intelectual; exame de saúde; exame de aptidão física; exame psicológico; e avaliação de conduta, sendo a primeira de caráter classificatório e eliminatório e as demais somente eliminatórias.

O presidente da comissão coordenadora do concurso, coronel Marcos Alexandre Sobreira, adiantou que o lançamento do edital está previsto para o mês de abril. “Temos vagas tanto para a Polícia Militar como para o Corpo de Bombeiros Militar nesta seleção que será feita de forma comum em todas as etapas, com um diferencial na avaliação física exigida entre as duas instituições, que possuem atividades específicas”, esclareceu.

O concurso público foi autorizado pelo governador Ricardo Coutinho no mês de fevereiro.




Redação com Secom

População de Alhandra ainda pode se inscrever para o Cozinha Brasil; curso começa nesta 3ª


O curso começa nesta terça (01) e se estenderá até a quinta-feira (03). Foram disponibilizadas 120 vagas. Só restam 22 para o preenchimento total das turmas Ainda restam poucas vagas para participação dos moradores de Alhandra interessados no curso de culinária do projeto “Cozinha  Brasil – Alimentação Inteligente”, que acontece na cidade a partir desta terça-feira (01) até a próxima quinta-feira (03), nos turnos da manhã e tarde. Das 120 vagas disponíveis para o preenchimento das turmas, até o final da manhã desta segunda-feira (31) restavam apenas 22. Durante as aulas serão ensinadas receitas saborosas e nutritivas a baixo custo. Vale lembrar que o curso é totalmente gratuito.

O projeto Cozinha Brasil em Alhandra está sendo desenvolvido pela Prefeitura, através da Secretaria de Bem Estar Social, em parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), e tem como objetivo promover a educação alimentar através do aproveitamento total dos alimentos. As aulas são ministradas por técnicos da área de nutrição do SESI João Pessoa.

Segundo a secretária de Bem Estar Social de Alhandra, Nadjane Almeida, a parceria com o SESI teve como objetivo principal oferecer oportunidade de conhecimento e qualificação para os profissionais que já atuam na área alimentícia. “O curso está aberto para merendeiras, agentes de saúde e pessoas da comunidade que desejam aprender ou qualificar o seu trabalho, e no final do curso eles estarão certificados por uma instituição de renome, como o SESI”, disse a secretária.

Para os que desejam participar do curso, as inscrições estão acontecendo nas sedes da Secretaria de Bem Estar Social, localizada na Rua Carlos Soares Filho, 29 – Centro, e na Secretaria de Saúde, localizadas na Rua Presidente João Pessoa, S/N. No ato da matrícula, o cidadão deve estar munido dos documentos pessoais e comprovante de residência.




Redação com Assessoria

Candidatura de Cássio ao Governo da Paraíba ‘mexe’ com o PT, que parte para o ataque


Candidatura de Cássio ao Governo da Paraíba ‘mexe’ com o PT, que parte para o ataque
Candidatura de Cássio ao Governo da Paraíba ‘mexe’ com o PT; dirigente diz que postulação é estelionato eleitoral

O presidente do Partido dos Trabalhadores no Estado da Paraíba, Charliton Machado, avaliou e comparou as gestões do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), classificando a candidatura tucana ao Palácio da Redenção nas eleições deste ano como o maior estelionato político da história da Paraíba.


Segundo Charliton Machado, trata-se de um grande estelionato eleitoral vender a candidatura de Cássio Cunha Lima (PSDB) como uma renovação. “Cássio representa o velho, o modelo de fazer política que exauriu na Paraíba”, disparou. “Não entendemos Cássio como renovação, tão pouco como oposição, ele representa um projeto que a Paraíba já vivenciou e que travou o Estado”, disse o petista.


O presidente do PT paraibano lembra ainda que Cássio não melhorou os índices educacionais, não diminuiu o índice de violência, não melhorou as políticas de investimento na saúde, como também não avançou nas políticas de cidadania. “Queremos apostar na renovação, para que a Paraíba enfrente todos os “gargalos” históricos dessa concepção oligarca de fazer política”, concluiu Charliton Machado.


Na última semana o dirigente do PT participou de almoço com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e o pré-candidato do PMDB ao Governo do Estado, Veneziano Vital para avaliar a possibilidade das duas legendas marcharem unidas no primeiro turno das eleições.

No próximo dia 12 o PT fará uma reunião para bater o martelo se mantem ou nao a candidatura própria do partido através do nome da advogada Nadja Palitot, ou se segue a orientação nacional de firmar aliança com o PMDB estadual. 



Redação com Assessoria de Imprensa

TJPB fará em abril novo Mutirão Dpvat envolvendo 2,7 mil processos

Esforço concentrado será de 7 a 11 de abril, em JP, com participação de 27 comarcas
Foto: Internet



















Novo Mutirão Dpvat (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres) será realizado na comarca de João Pessoa, no período de 7 a 11 de abril, e têm a estimativa de envolver 2.700 processos de 27 comarcas. O esforço concentrado acontecerá na Associação dos Filhos de Itaporanga (Asfita), no bairro do Bessa, para onde serão levados os processos das comarcas participantes: João Pessoa, Alagoa Grande, Alagoa Nova, Alagoinha, Alhandra, Araçagi, Bananeiras, Belém, Caaporã, Cruz do Espírito Santo, Guarabira, Gurinhém, Itabaiana, Jacaraú, Cabedelo, Santa Rita, Bayeux, Lucena, Mamanguape, Mari, Pedras de Fogo, Pilar, Pirpirituba, Rio Tinto, Sapé, Serraria e Solânea.
O mutirão será supervisionado pelo Núcleo Permanente de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça da Paraíba.
O Núcleo de Conciliação e Mediação do Tribunal de Justiça da Paraíba informa que os advogados devem retirar os processos nos respectivos cartórios, mediante carga, se obrigando, ainda, a devolvê-los após a realização do mutirão. O mesmo ainda esclarece que os advogados também se responsabilizarão em levar as partes até o local onde o mutirão está acontecendo.
Outros mutirões
Resolução do Conselho da Magistratura estabelece que desde o dia 21 de março até 11 de abril os prazos dos processos escolhidos para o esforço concentrado estão suspensos. Além do mutirão Dpvat da Capital, estão previstos para este ano os seguintes mutirões: das empresas Santander e TIM/IESP (28 e 29 abril); Fiscal de Campina Grande (5 a 16 de maio); DPVat de Patos (26 a 30 de Maio) e o mutirão DPVat da Comarca de Campina (1 a 5 de dezembro).


TJPB

Ricardo Coutinho revela que Cássio já planejava rompimento desde a posse no Senado


Ricardo Coutinho  revela que  Cássio  já planejava rompimento desde a posse no Senado
 Em uma declaração reveladora, o governador Ricardo Coutinho (PSB) afirmou neste final de semana em entrevista à rádio Rural de Guarabira que o seu ex-aliado senador Cássio Cunha Lima (PSDB), já planejava pular fora do seu arco de alianças desde que assumiu o Senado.

Segundo Ricardo Coutinho, o rompimento da aliança política entre o PSDB e o PSB, já estava planejado há quase dois anos. Ricardo disse que tinha um compromisso com Cássio e esperava com a aliança fosse duradoura.

“Eu tinha um compromisso de governo e fiz questão de ir à posse do senador em Brasília, mas não fui nem citado, por coincidência ou esquecimento”, afirmou Ricardo.

Ele disse que lamentou a indiferença de Cássio na posse mas preferiu o silêncio para não abrir margens para interpretações.

“Se fosse o contrário tinha sido um verdadeiro bombardeio contra minha pessoa”, emendou o governador. PBAgora

Após denúncia aceita pela PGR, Rachel Sheherazade entra de férias no SBT


 Após denúncia aceita pela PGR, Rachel Sheherazade entra de férias no SBT
A âncora do “SBT Brasil” Rachel Sheherazade entra de férias nesta segunda, 31. Ela volta ao telejornal no dia 14. Ate lá, Cynthia Benini assume seu lugar. Ontem, a Procuradoria Geral da República aceitou denúncia feito pelo PCdoB, a partir de pedido de Jandira Feghali. A deputada exige que a concessão do SBT seja reavaliada, por conta dos comentários da jornalista.

Tudo começou quando Rachel defendeu ‘justiceiros’ que amarraram um menor infrator nu a um poste no Rio. Os justiceiros usaram corrente de bicicleta no ato. O “SBT Manhã” também terá nova âncora. Será Anelise Oliveira. Ela substitui Joyce Ribeiro, que entra de férias na segunda e volta dia 21 de abril.

ENTENDA

A Procuradoria Geral da República (PGR) aceitou nesta quinta-feira (27) a representação feita pela deputada federal Jandira Feghali (PCdoB/RJ) contra a jornalista Rachel Sheherazade, do SBT. A parlamentar solicita uma investigação, alegando que a âncora do "SBT Brasil" cometeu na bancada do telejornal o crime de apologia e incitamento à tortura e ao linchamento, caracterizado no artigo 287 do Código Penal.

De acordo com o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, os vídeos que mostram a opinião exposta por Rachel no "SBT Brasil" sobre o caso envolvendo um grupo que puniu um menor infrator no Rio de Janeiro serão avaliados. "Não se pode pregar contra o Estado democrático. Isso é muito sério" , opina Janot. "Se você faz um discurso de ódio para a sociedade, não há como controlar o que ocorre depois por aí", completa.

Em nota enviada ao Purepeople, Jandira Feghali explica que seu pedido de investigação se justifica. "As pessoas não podem se sentir legitimadas por um discurso neofascista e sair por aí julgando e executando outros cidadãos. E, no geral, os executados em sua maioria são os mais pobres e negros" , diz. "Não queremos que se crie um paradigma na televisão de incitação à violência na busca da audiência e do lucro. É preciso repensar o que está sendo feito", critica.

Polêmica

Em fevereiro deste ano, um adolescente foi espancado e preso nu pelo pescoço a um poste através uma trava de bicicleta por homens no Aterro do Flamengo, na Zona Sul da capital fluminense. O jovem cometia furtos na região. Com a notícia, Rachel Sheherazade, que ficou conhecida por causa de suas opiniões fortes, deu o seu parecer sobre o fato no "SBT Brasil".

"No país que ostenta incríveis 26 assassinatos a cada 100 mil habitantes, que arquiva mais de 80% de inquéritos de homicídio e sofre de violência endêmica, a atitude dos vingadores é até compreensível. O Estado é omisso, a polícia é desmoralizada, a Justiça é falha. O que resta ao cidadão de bem que, ainda por cima, foi desarmado? Se defender, é claro", disse.

"O contra-ataque aos bandidos é o que chamo de legítima defesa coletiva de uma sociedade sem Estado contra um estado de violência sem limite. E, aos defensores dos Direitos Humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso ao poste, eu lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido", encerrou Rachel.

Concessão

A representação protocolada por Jandira Feghali também responsabiliza o SBT. A deputada sugeriu à Secretaria de Comunicação da Presidência da República (Secom) que interrompa o repasse de verbas oficiais ao SBT durante a investigação da Procuradoria Geral da República.

As verbas são repassadas às emissoras de rádio e TV por causa das propagandas e campanhas do governo federal exibidas nos canais. Em 2013, por exemplo, o SBT recebeu R$ 150 milhões da União. Jandira pediu ainda, em último caso, caso não haja uma resposta firme da emissora sobre o assunto, uma análise da concessão do canal de Silvio Santos.

Já Rachel, se for condenada, poderá pegar detenção de 3 a 6 meses ou pagar multa, conforme prevê o Código Penal. Em fevereiro, em entrevista ao Purepeople, Rachel Sheherazade minimizou as representações feitas contra ela.

"Eu não me vendo, nem me dobro. Minha palavra, eles não podem cassar, pois vivemos numa democracia. E, neste país, todo cidadão tem direito, garantido pela Constituição, de expressar suas opiniões. Enquanto tiver o aval da minha emissora, o espaço para opinar livremente, é isso o que farei".



Redação com MSN

domingo, 30 de março de 2014

ENTRE VERSO, MARQUINHO É 10 REAFIRMA SEU APOIO AO SENADOR CÁSSIO AO GOVERNO PB

Verso:
É no sorriso de uma criança...
É no verde da esperança...
Que contagia com o amarelo da Social Democracia...
Todos nós, reunidos num só propósito...
Abraçados, beijados e amados...
Por quem faz política com Maestria.

Foto:
Cássio pré-candidato a governador com o líder político do litoral sul paraibano Marquinho é 10, e sua filha, prestigiando o Encontro do PSDB em Mamanguape.

Assessoria

Prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio


Prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio
GUERRA DE ADESÕES: prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio

A guerra de adesões polarizada entre tucanos e socialistas na Paraíba ganhou mais um capítulo neste final de semana. Contrariando a enchente de apoios divulgada pela executiva do PSB, dessa vez, um prefeito do PSB pegou o caminho inverso e deve anunciar apoio à pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima, do PSDB, ao Governo do Estado. Trata-se do prefeito do município de Pirpirituba, Rinaldo Guedes de Lucena (PSB).

Segundo uma fonte ligada à gestão, o prefeito Rinaldo estaria insatisfeito com os pleitos não alcançados no município e com o fato de ter sido pouco prestigiado nesses primeiros dois anos de administração.

“O governador Ricardo Coutinho cumpriu agente administrativa nesse final de semana em Pirpirituba e região e o prefeito preferiu nem comparecer e nem aparecer do lado do governador. Nos bastidores ele já avisou que vai anunciar apoio a candidatura de Cássio e não quer nem saber de candidatura de partido”, confidenciou a fonte.

Ainda de acordo com informações repassadas ao portal PB Agora, o gestor socialista deve apoiar o nome de Rômulo Gouveia, do PSD, para o Senado Federal.

reportagem do portal PB Agora tentou manter contato durante todo o sábado com o prefeito socialista, mas seu telefone estava fora de área ou desligado. Conforme a fonte, o prefeito está apenas esperando o momento certo para publicizar a decisão de marchar ao lado do PSDB nas eleições 2014.

Outra liderança da região do Brejo que também ignorou o projeto socialista e anunciou apoio à candidatura do PSDB foi à deputada Léa Toscana, representante da região polarizada pelo município de Guarabira. Léa disse que apoiará a postulação de Cássio e que, devido a esse posicionamento, vem sofrendo um verdadeiro massacre político capitaneado pela executiva socialista em forma de retaliação a seu posicionamento.

Já na última sexta-feira (26), foi a vez  do professor da UFPB e assessor especial do Governo do Estado, Lúcio Flávio dá adeus ao projeto socialista. Ele, além de entregar seu pedido de exoneração do cargo, também pediu desfiliação da legenda de Ricardo Coutinho, dando assim um grito de independência partidária.




Márcia Dias

PB Agora

Senador Cássio Cunha Lima confirma pré-candidatura

Senador Cássio Cunha Lima confirma pré-candidatura
 O PSDB realizou neste sábado mais uma plenária para decidir ou não pela candidatura própria ao governo da Paraíba, desta vez a consulta aconteceu na cidade  de Mamanguape. Conforme o senador Cícero Lucena havia revelado em entrevista na noite de ontem, o senador Cássio Cunha Lima afirmou que será candidato e ainda alfinetou oatual governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB).

"Não tenho satisfação a dar a Ricardo Coutinho. Aliás, ele precisa acabar com essa mania que todo mundo tem que dar satisfação a ele" polemizou.

Ainda segundo Cássio o partido tem todo o direito de sair com candidatura própria.

"Eu estou me propondo este desafio. O PSDB terá candidatura própria, por que só devemos satisfação ao povo da Paraíba" arrematou.

No próximo final de semana a última audiência pública da sigla está marcada para acontecer na cidade de Campina Grande, onde o nome do senador deverá ser lançado oficialmente.

Nos últimos dias Cássio e Ricardo Coutinho tem trocados farpas por conta do rompimento da aliança firmada entre os partidos.

Redação

PB Agora

Se for para ganhar a eleição, Cícero aprova nome de Agra na chapa de Cássio: “É um nome que tem história”


Se for para ganhar a eleição, Cícero aprova nome de Agra na chapa de Cássio: “É um nome que tem história”
 A frase que diz que a política é a arte dos possíveis pode mais uma vez prevalecer na política paraibana e unir duas figuras que nos últimos dois pleitos ficaram em palanques opostos. Trata-se do senador Cícero Lucena (PSDB) e do ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Agra (PEN).

Em entrevista na última semana, o tucano declarou que não teria problemas em aceitar o ex-prefeito da Capital na chapa encabeçada por Cássio, caso fosse essa a melhor composição para a vitória nas eleições rumo ao Governo do Estado.

Indagado se Agra seria um bom nome, Cícero não titubeou: “É um nome que tem historia, um bom serviço prestado, mas isso vai depender da composição da chapa, porque o que importa é ganhar a eleição”, disse o senador tucano.

Apesar do aval, o senador lembrou que os outros partidos tem que ser ouvidos para que o arco de alianças na disputa estadual possa beneficiar todas as forças. O tucano também alfinetou a notícia sobre a exoneração de mais de dois mil comissionados do Governo Ricardo Coutinho, muitos deles simpatizantes do projeto tucano.

“Isso é uma característica de quem se sente feliz em fazer o mal”, disparou.




Márcia Dias

PB Agora

sexta-feira, 28 de março de 2014

Investimentos na região entre PB e PE irão beneficiar empresários


Investimentos na região entre PB e PE irão beneficiar empresários
 Novas oportunidades de negócios surgirão para os micro e pequenos empresários de 18 municípios do litoral sul da Paraíba, com a implantação dos pólos industriais entre Paraíba e Pernambuco. Além dos pólos automotivo e farmacêutico do Estado vizinho, apenas na zona sul paraibana estão sendo investidos R$2,7 bilhões no polo cimenteiro, Centro de Convenções, rede hoteleira e investimento público em ensino superior. Esses dados fazem parte do estudo elaborado pelo Sebrae Paraíba, “Oportunidades e desafios para pequenos negócios paraibanos”, apresentados pelo diretor administrativo do Sebrae, Ricardo Madruga, durante o Fórum de Negócios da Região Metropolitana de João Pessoa, nesta quinta-feira (27).


Os 18 municípios que fazem parte do estudo que vem sendo elaborado pelo Sebrae detém 41,8% do PIB e 32% da população do Estado. Nessas cidades, 49% das empresas são micro, 9% são pequenas e 31% são de microempreendedores individuais (categoria empresarial que fatura até R$5 mil por mês). “A Paraíba vive um bom momento em sua economia e está desenvolvendo um processo de sustentabilidade dos pequenos negócios. Aqui há diversas oportunidades, mas é preciso de capacitar e se adequar ao mercado e à demanda”, ressaltou Ricardo Madruga.


Ele ressaltou que a pesquisa do Sebrae deverá ser concluída no próximo mês de maio, com a apresentação das oportunidades de negócios em diversos setores, como construção civil, serviços de hotelaria, bares e restaurantes, moveleiro, turismo, saúde e bem estar, farmacêutico, insumos da fabricação de veículos, tecnologias digitais, comércio varejista, supermercados e mercadinhos, além das compras governamentais.


“As cidades precisam estar preparadas para esse crescimento da região. Os empresários têm que estar atentos às oportunidades que irão surgir”, acrescentou Madruga. Ele lembrou que a cidade de Betim, em Minas Gerais, quando recebeu uma fábrica da Fiat, sua população cresceu quase 15 vezes. “As empresas que não se adequarem às novas demandas estarão fora do mercado. Por isso, é preciso cuidar da qualidade do seu produto ou serviço e da gestão do seu negócio”, completou.


Os municípios que fazem parte da pesquisa do Sebrae são: Alhandra, Bayeux, Caaporã, Conde, Cruz do Espírito Santo, Itabaiana, João Pessoa, Juripiranga, Pedras de Fogo, Pilar, Pitimbu, Riachão do Poço, Salgado de São Felix, Santa Rita, São José dos Ramos ,São Miguel de Taipu, Sapé e Sobrado.



Fórum de Negócios


O Fórum de Negócios da Região Metropolitana de João Pessoa foi iniciado nesta quinta-feira (27) e prossegue até esta sexta-feira (28), no Mussulo Resort, na cidade do Conde. A abertura do evento contou com a presença do governador Ricardo Coutinho, a prefeita do Conde Tatiana Correia, o superintendente da Fiep Buega Gadelha, o prefeito de Bayeux Expedito Pereira, o prefeito de Alhandra Marcelo Rodrigues, além de vereadores e deputados. O evento também contou com a participação de empresários paraibanos, portugueses e italianos.


O evento é uma iniciativa da Prefeitura do Conde e conta com o apoio do Sebrae e do Sistema Paraíba de Comunicação. “Com o pólo industrial na região de Goiana (PE), tivemos a ideia de realizar este fórum, com a participação de gestores e empresários interessados em investir no sul do nosso Estado. O Conde está à disposição de todos vocês”, ressaltou a prefeita Tatiana Correia.


O governador da Paraíba ressaltou a “grande nova fronteira de desenvolvimento entre Paraíba e Pernambuco” e a importância de se planejar e discutir o tema entre todos os agentes envolvidos. O governador ressaltou o desenvolvimento do Estado, com um novo polo cimenteiro, crescimento do turismo, instalação da rede de fibra ótica, alto índice de sobrevivências das micro e pequenas empresas. “Temos diversos motivos para celebrar todas as vitórias junto com o setor produtivo, capaz de fazer sua parte e junto com o Governo do Estado promover o desenvolvimento da Paraíba”, disse.

Redação com Sebrae-PB

Pronto para consulta do PSDB, Cássio manda indireta: “Na democracia só o povo pode impor”


Pronto para consulta do PSDB, Cássio manda indireta: “Na democracia só o povo pode impor”
Pronto para participar da próxima consulta do PSDB sobre as eleições estaduais 2014, o senador Cássio Cunha Lima, que é cotado como pré-candidato do partido ao Governo do Estado, destacou o clima positivo para este novo encontro, mas não deixou de mirar nos adversários. Sem citar nomes, o senador tucano lembrou que ‘na democracia só o povo pode impor” e essa era a verdadeira motivação da postulação do PSDB em 2014.

O tucano disse que existe um sentimento muito forte, que é praticamente unânime entre os aliados, sobre a candidatura própria do PSDB e que a lembrança de seu nome como ocupante dessa pré-candidatura se dá tão somente pela lembrança do povo.

“Essa lembrança se dá em virtude da lembrança que os paraibanos tem das obras que realizei, dos serviços oferecidos durante nossas gestão e com certeza quem mais precisa lembrar dessas ações”, destacou

Falando das questões politicas, mesmo que indiretamente, o tucano mirou no Governo do PSB: “É importante na democracia as opções de escolha”, numa clara referencia a importância de se ter uma candidatura de oposição viável ao projeto de poder socialista.

A reunião do diretório do PSDB do Vale do Mamanguape será realizada a partir das 11h30, nas dependências do Instituto Moderno, que está situado na rua José Vieira, centro da cidade. A direção estadual do partido lembra que a reunião é fechada à imprensa e restrita aos filiados do PSDB, em absoluto cumprimento à legislação eleitoral.

Após o evento partidário, os dirigentes do PSDB concederão entrevista coletiva à imprensa no mesmo local da reunião, com horário previsto para as 13h.


Com informações de Henrique Lima

Um dia antes da consulta do PSDB, Ricardo vai a Mamanguape e cumpre agenda administrativa


Um dia antes da consulta do PSDB, Ricardo vai a Mamanguape e cumpre agenda administrativa
Ricardo participa de audiências do Orçamento Democrático em Mamanguape e Guarabira

O governador Ricardo Coutinho participa, nesta sexta-feira (28), em Mamanguape (14ª Região Geoadministrativa), e no sábado (29) em Guarabira (2ª Região Geoadministrativa), de mais duas audiências públicas do ciclo 2014 do Orçamento Democrático Estadual (ODE). A visita no Vale do Mamanguape antecede o encontro do PSDB programado para o sábado, na mesma cidade e que contará com a presença do senador Cássio Cunha Lima

No atual ciclo, já foram realizadas as plenárias de Cajazeiras e Sousa, 9ª e 10ª regiões geoadministrativas, respectivamente. As demais audiências se estenderão até 24 de maio.

Na cidade de Mamanguape, a audiência pública acontece nesta sexta-feira, no ginásio da Escola Senador Ruy Carneiro, localizado na avenida que tem o mesmo nome, no bairro do Campo. Em Guarabira, no próximo sábado, a audiência será realizada na Escola José Soares de Carvalho, no bairro da Primavera. As audiências regionais do Orçamento Democrático envolvem todas as secretarias, com o objetivo de ouvir as reivindicações dos moradores das 14 Regiões Geoadministrativas do Estado. É um momento que envolve os 223 municípios paraibanos, para dialogar diretamente com o governador.

Prioridades de investimentos – Nas audiências, cada participante tem a oportunidade de escolher três prioridades de investimentos para suas respectivas regiões. Após a realização das audiências, as demandas eleitas são discutidas no planejamento democrático, que é o momento de diálogo entre conselheiros e os secretários de cada pasta.

Na audiência pública do Orçamento Democrático em Cajazeiras, realizada na sexta-feira (21) os participantes elegeram educação, saúde e estradas como as prioridades. Já em Sousa, no sábado (22), o público escolheu saúde, educação e saneamento para ações prioritárias.




Redação

Eliana fala pela 1ª vez sobre separação


Eliana fala pela 1ª vez sobre separação
 Eliana aproveitou as gravações de seu programa, na última quarta-feira (26), para poder falar, pela primeira vez, sobre o fim de seu casamento com João Marcelo Bôscoli.


Assim que terminou com as atrações programadas, a apresentadora pediu silêncio no estúdio para que pudesse esclarecer o divórcio, segundo a coluna do jornalista Flávio Ricco.


Além de falar sobre a nova etapa da vida pessoal aos fãs, a loira ainda aproveitou para agradecer o apoio e carinho que tem recebido.


conteúdo da mensagem será exibido pelo SBT no próximo domingo (30), de acordo com a coluna do jornalista Flávio Ricco.


Em tempo: Boatos recentes deram conta de que Eliana teria se separado do filho de Elis Regina após descobrir que estava sendo traída.

Msn

SECRETARIA DE AGRICULTURA INCENTIVA PISCICULTURA


A secretária de agricultura com o intuito de promover a diversificação econômica da zona rural do município, vem mantendo articulações a fim de implantar atividades de piscicultura ( Criação de peixes) nos assentamentos de Pitimbu. Com este objetivo, na próxima TERÇA – FEIRA, 01 DE ABRIL estaremos recebendo um ENGENHEIRO DE PESCA do estado a fim de repassar maiores detalhes a todos os agricultores interessados em participar desta nova proposta. O encontro será realizado na SECRETÁRIA DE AGRICULTURA localizada no assentamento Apasa a partir das 09:00 da manhã. Qualquer dúvida entrar em contato através do nosso EMAIL – agricultura.pmp@hotmail.com ou pela nossa página no FACEBOOK: www.facebook.com/seagri.pitimbu

Ascom Agricultura Pitimbu

Eduardo Campos não comparece a evento no Conde, mas RC é exaltado por investimentos no Litoral Sul

O governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, não compareceu ao Fórum de Negócios da Região Metropolitana de João Pessoa nesta quinta (27) na cidade de Conde. Na ocasião tanto Campos, quanto o governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) receberiam o título de cidadãos condenses. 
Acontece nesta quinta e sexta o Fórum de Negócios da Região Metropolitana de João Pessoa na cidade de Conde, onde empresários e gestores públicos se unem para discutir os avanços da Paraíba. 
O grande mote é o desenvolvimento do Litoral Sul da Paraíba, devido ao pólo industrial em Goiana/PE que fica na divisa com o estado. 250 participantes estão presentes para assistir as palestras que começaram com a do governador Ricardo.  
Para o primeiro debate também estava prevista a presença de Eduardo Campos que explicou o não comparecimento devido ao lançamento do instituto Miguel Arraes em Pernambuco.
Também participa do evento, o presidente da Fiep, Buega Gadelha e a prefeita de Conde, Tatiana Gadelha que dará o título de cidadão condense ao governador pelo desenvolvimento que o Conde tem alcançado graças ao trabalho feito por Coutinho.
Com informações da Rádio CBN João Pessoa.

Marília Domingues

Projeto 'Cozinha Brasil' em Alhandra está com inscrições abertas

120 pessoas participarão do curso, que acontece nos dias 01,02 e 03 de abril
Foto: internet





















Reeducar para que a alimentação se torne ainda mais nutritiva, saudável e econômica.  É com esse objetivo que a Prefeitura de Alhandra, por meio da Secretaria de Bem Estar Social, e da parceria com o Serviço Social da Indústria (SESI), trará, nos próximos dias 01, 02 e 03 de abril, o projeto "Cozinha Brasil - Alimentação Inteligente" para a cidade. 
O programa prevê a orientação para a alimentação por meio de cursos ministrados por técnicos da área de nutrição do SESI João Pessoa. A Prefeitura está oferecendo 120 vagas para o curso. Merendeiras, agentes de saúde e pessoas da comunidade podem procurar a Secretaria de Bem Estar Social para realizar suas matrículas.
A Prefeitura usará a estrutura do Centro de Convivência Social para a realização do curso, que acontecerá durante as manhãs e tardes da próxima terça (1º), quarta (2) e quinta-feira (3). Três técnicos da área de nutrição do SESI João Pessoa ministrarão o curso. A Prefeitura está responsável pelos custos relacionados à alimentação e hospedagem desses técnicos, bem como toda a organização da capacitação que inclui estrutura física e realização de inscrições.
Durante as aulas serão ensinadas receitas saborosas e nutritivas a baixo custo para as participantes. Será uma cozinha didática que ensina as pessoas a reaproveitarem os alimentos e a usá-los da melhor maneira de manter o equilíbrio na alimentação.
Os interessados devem procurar a Secretaria de Bem Estar Social e realizar sua inscrição. As inscrições serão encerradas quando as 120 vagas forem preenchidas. O curso é totalmente gratuito.


Assessoria

Prefeitura de Alhandra paga nesta sexta


Prefeitura de Alhandra paga nesta sexta
A exemplo do que fez no mês anterior, o prefeito Marcelo Rodrigues autorizou antecipação do pagamento para o dia 28 Os funcionários efetivos e ocupantes de cargos comissionados da Prefeitura de Alhandra podem contar com o pagamento de seus salários já nesta sexta-feira (28). Isto porque, o prefeito Marcelo Rodrigues autorizou a antecipação do pagamento dos salários de março para esta sexta-feira (28). Os aposentados e pensionistas do município receberam seus proventos desde a última terça-feira (25).

“O equilíbrio financeiro que já alcançamos nos permite programar os pagamentos, inclusive de salários, e até antecipá-los como neste caso”, explica o gestor municipal. Ainda segundo Marcelo, a decisão de antecipar o pagamento também é uma forma de agradecer  os profissionais que integram a atual gestão e que emprestam o seu talento e competência para melhorar a realidade de Alhandra e os serviços prestados pela Prefeitura.

Os prestadores de serviço receberão seus salários até o dia 10 de março, após o pagamento da primeira parcela do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e dos repasses do Governo Federalque, normalmente entram na conta do município até o dia 10 e complementam a folha de pagamento destes profissionais.




Redação com Assessoria

Vice de Cássio poderá ser destinada para salvar proporcional


Vice de Cássio poderá ser destinada para salvar proporcional
Aumentam as articulações e o sentimento em torno do grupo Cunha Lima, para que o deputado federal Ruy Carneiro (PSDB), venha a ser ungido como o candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) na disputa pelo Governo da Paraíba.


A reportagem do PB Agora obteve na mais absoluta exclusividade a confirmação de que o gabinete do senador Cássio foi palco nesta quinta (27), de uma demorada reunião protagonizada por políticos paraibanos. Na pauta a eleição local e a iminente ascensão de Ruy para ser o companheiro de chapa de Cássio nas eleições, cadeira que pode ser disponibilizada como moeda de troca em acordos partidários que valem literalmente ‘ouro’ na disputa eleitoral.


Participaram do encontro além de Cássio e Ruy Carneiro, o deputado federal Benjamin Maranhão que é presidente do Solidariedade na Paraíba, e o primeiro suplente da Câmara Federal Leonardo Gadelha (PSC), que abriram um bom canal de negociação e podem bater o martelo caso a articulação se viabilize.


A informação de que Ruy pode ter nova missão, é vista com bastante carinho por Cássio, pois dando ao presidente estadual do PSDB esta nova tarefa, ocorrerá uma valorização da eleição proporcional, elegendo o maior número de deputados federais, além do que, novos aliados ingressarão no ninho tucano, trazendo palanques em regiões importantes como o Sertão e o Curimataú.


“A saída Ruy abrindo mão da reeleição, consequentemente abrirá bases para que novos partidos venham para o projeto tucano!”, contou à fonte que presenciou o encontro no gabinete de Cássio localizado no prédio conhecidopopularmente como as Torres Gêmeas do Senado Federal.


O interlocutor também disse ao PB Agora, que os deputados federais estão tentando salvar a própria pele e que a articulação não só dará uma coligação competitiva, como também tempo no guia eleitoral na acirrada disputa que se avizinha.


“Hoje dos doze deputados federais paraibanos, temos sete parlamentares que comandam partidos e que buscam um caminho menos difícil para a reeleição, essa é a preocupação da maioria da bancada”, contou a fonte. Atualmentesete cadeiras estão desgrudadas das três principais campanhas, ou seja, mais da metade da representação paraibana da Câmara Federal está ‘solta’ para composição: Major Fábio (Pros), Wellington Roberto (PR), Aguinaldo Ribeiro (PP), Wilson Filho (PTB), Benjamin Maranhão (Solidariedade), Damião Feliciano (PDT) e Efrain Filho (DEM).


Em nome do projeto, são fortes as chances de Ruy ir para o ‘sacrifício’ ou melhor, dar o maior passo de sua trajetória política, a final, já dizia Peter Drucker: “A melhor maneira de prever o futuro é criá-lo!”.


Henrique Lima 
PB Agora