Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 6 de março de 2014

Ex-aliado de RC comenta declínio do projeto girassol na PB e ascensão de Campos em PE


Ex-aliado de RC comenta declínio do projeto girassol na PB e ascensão de Campos em PE
 O vereador Bira Pereira (PT) que foi aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB) desde quando foi deputado estadual comentou sobre essa trajetória política que na opinião dele sofreu um declínio e que com o rompimento político entre o socialista e o tucano, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) a carreira política do governador se encontra fragilizada.


"Desde quando ele era deputado ele vem rompendo e se aliando com outras forças políticas. Rompeu com o PT para ser candidato a prefeito. Se aliou ao PMDB fazendo crer que este era seu principal aliado, posteriormente rompeu e se aliou ao PSDB e novamente fez crer que era o melhor caminho a seguir. E agora o que o governador vai fazer? Vai desdizer tudo que tinha dito em 2010. Em 2012, quando fez de tudo para que o povo de João Pessoa acreditasse que Estela Bezerra (PSB) era mais preparada que o ex-prefeito Luciano Agra (PEN) para vencer as eleições. Neste processo eleitoral o PT foi protagonista. A avaliação que eu faço é que esse é mais um passo de derrocada, desestruturação do projeto social no nosso estado".


parlamentar destacou que o projeto político chamado de Girassol por alguns tinha nascido com enraizamento social, progressista, mas que se perdeu e salientou que o próximo pleito haverá muito debate sobre quem fez mais, quem desenvolveu mais e melhor o Estado e que a pluralidade de candidaturas vai engrandecer o debate.


Bira comentou ainda que tantos rompimentos e novas alianças ao invés de aglutinar forças o fez perder espaço entre aliados, políticos e partidos e que ele por estar no poder a tanto tempo deveria ter aglutinado aliados assim como fez Eduardo Campos (PSB) governador de Pernambuco e pré-candidato à presidência da República.

"A candidatura de Ricardo e seu projeto estão fragilizados porque ele perdeu aliados durante todo seu processo político. Geralmente quando se está no Governo a tendência é aglutinar apoios como fez Eduardo Campos e que hoje é pré-candidato à presidência. Ele permaneceu forte, aumentando sua base de apoio em relação aos políticos e partidos e Ricardo agiu totalmente o contrário. Cássio foi determinante na eleição dele e agora sem o Tucano, Ricardo vai ficar fragilizado", explicou Bira.


Vanessa de Melo

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog