Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

domingo, 30 de março de 2014

Prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio


Prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio
GUERRA DE ADESÕES: prefeito socialista ignora projeto de reeleição de Ricardo e deve anunciar apoio a Cássio

A guerra de adesões polarizada entre tucanos e socialistas na Paraíba ganhou mais um capítulo neste final de semana. Contrariando a enchente de apoios divulgada pela executiva do PSB, dessa vez, um prefeito do PSB pegou o caminho inverso e deve anunciar apoio à pré-candidatura do senador Cássio Cunha Lima, do PSDB, ao Governo do Estado. Trata-se do prefeito do município de Pirpirituba, Rinaldo Guedes de Lucena (PSB).

Segundo uma fonte ligada à gestão, o prefeito Rinaldo estaria insatisfeito com os pleitos não alcançados no município e com o fato de ter sido pouco prestigiado nesses primeiros dois anos de administração.

“O governador Ricardo Coutinho cumpriu agente administrativa nesse final de semana em Pirpirituba e região e o prefeito preferiu nem comparecer e nem aparecer do lado do governador. Nos bastidores ele já avisou que vai anunciar apoio a candidatura de Cássio e não quer nem saber de candidatura de partido”, confidenciou a fonte.

Ainda de acordo com informações repassadas ao portal PB Agora, o gestor socialista deve apoiar o nome de Rômulo Gouveia, do PSD, para o Senado Federal.

reportagem do portal PB Agora tentou manter contato durante todo o sábado com o prefeito socialista, mas seu telefone estava fora de área ou desligado. Conforme a fonte, o prefeito está apenas esperando o momento certo para publicizar a decisão de marchar ao lado do PSDB nas eleições 2014.

Outra liderança da região do Brejo que também ignorou o projeto socialista e anunciou apoio à candidatura do PSDB foi à deputada Léa Toscana, representante da região polarizada pelo município de Guarabira. Léa disse que apoiará a postulação de Cássio e que, devido a esse posicionamento, vem sofrendo um verdadeiro massacre político capitaneado pela executiva socialista em forma de retaliação a seu posicionamento.

Já na última sexta-feira (26), foi a vez  do professor da UFPB e assessor especial do Governo do Estado, Lúcio Flávio dá adeus ao projeto socialista. Ele, além de entregar seu pedido de exoneração do cargo, também pediu desfiliação da legenda de Ricardo Coutinho, dando assim um grito de independência partidária.




Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog