Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sexta-feira, 7 de março de 2014

RC peita Cássio e diz que sofreu boicote desde que assumiu


RC peita Cássio e diz que sofreu boicote desde que assumiu
O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB) tem sido indagado sobre o iminente embate que terá que enfrentar nas eleições onde deverá disputar com seu ainda alaido, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) um dos espaços para um possível segundo turno pela reeleição.


Para Ricardo a pergunta se Cássio na disputa lhe atrapalha ou não rumo a vitória deve ser feita ao povo e não a ele, mas deixou claro que não tem medo de nada na política.


"Não sei se atrapalha ou não, você tem que perguntar isso ao povo. Se eu temesse alguma coisa na vida eu não faria política. Eu acredito na força das ideias e não temo nada na política. Você acha que se eu temesse alguma coisa eu assumiria um governo do Estado como eu assumi?", indagou o governador.


Ricardo reclamou de como pegou o estado e que sofreu muitos boicotes e brigas contra aqueles que tentavam lhe derrubar, mas destacou que resistiu e ainda trouxe avanços para o Estado.


"Desde o primeiro dia tenho sofrido todo tipo de boicote, todas as forças contra mim, que estavam há décadas e décadas se levantando para tentar nos derrubar. E nós resistimos e avançamos. Depois de fazer tudo isso eu posso dizer que é hora de continuar avançando e muito mais. Nos próximos anos a Paraíba pode ter a oportunidade de avançar muito mais, porque quem pode dizer que já fez pode avançar muito mais".


Sobre seus antecessores, o socialista foi enfático em criticá-la duramente e avisou que o tempo de trocar esmolas por votos acabou.


"Alguns querem continuar a ver aquela Paraíba que vivia de joelhos, implorando esmolas e que paraobter alguma esmola tinha que ficar catalogado o número do título de eleitor para que obrigatoriamente você teria que retribuir com o voto. Não pela vontade e consciência, mas simplesmente porque aquilo era visto como um favor. É esse corte que estamos fazendo. Isso não interessa a alguns setores e pessoas que fazem parte principalmente do universo da política, mas é para nós fundamental. Já passamos por esta ruptura agora estamos avançando e consolidando isso".


A entrevista repercutiu na rádio 98FM.


Vanessa de Melo

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog