Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 10 de março de 2014

Tio rasga elogios a Cássio, mas reitera apoio a Ricardo Coutinho


Tio rasga elogios a Cássio, mas reitera apoio a Ricardo Coutinho
Após repercussão negativa, tio de Cássio rasga elogios a sobrinho, mas reitera apoio a RC ‘em qualquer cenário’

Após a repercussão negativa em torno de sua declaração, de que Campina Grande não gostava de ‘traíras’, o tio do senador Cássio Cunha Lima, o empresário Renato Cunha Lima veio à público nesta segunda-feira (10) ao afirmar que se referiu ao senador Cícero Lucena (PSDB) e não aos seus familiares. "É logico que falei de Cícero, tem dúvida que ele ficou contra Cássio em 2010, e agora Cássio é bom??? Longe de ofender meu sobrinho, mas eu tenho minha opinião", retrucou.

Para reparar o mal entendido, Renato rasgou elogios ao sobrinho tucano, a quem assegurou que jamais iria desrespeitar, apesar de ratificar que não votará nele, caso ele dispute o Governo nas eleições de outubro deste ano.

“Não disse nada com Cássio, ele é um sobrinho que tenho profundo respeito, eu jamais iria desrespeitar a memória da minha família, do meu irmão Ronaldo dizendo que Cássio seria um traíra, tenho a maior admiração e respeito por ele, mas nada impede que eu tome minha posição individual de votar em Ricardo Coutinho”, disse.

Renato ainda lembra que ‘a preço de hoje’, Cássio não é candidato ao Governo. “Até agora ninguém ouviu que Cássio era candidato, e eu sempre tenho lutado e tenho dito e tenho reivindicado pela pacificação dessa eleição. Ricardo tem trabalhado muito, o que existe é fofoca pois todos sabemos que existem pessoas que querem tumultuar o pleito e todo mundo sabe disso”, asseverou.

Encontros frustrados

Renato também disse que tem tentado conversar com o senador Cássio Cunha Lima já há algum tempo, mas não tem conseguido horário. “Faz das que tento conversar com Cássio, mas nossasagendas sempre dão choque, porém, já posso adiantar que independentemente de qualquer cenário ficarei com Ricardo Coutinho, esse é um direito que tenho como cidadão”, avisou.

O empresário disse que torce ainda pela manutenção da aliança.

Fiel a Rômulo

“Ficarei com Rômulo que foi injustiçado”. Foi assim que Renato lembrou que já existiu no passado em Campina Grande racha semelhante ao que está acontecendo e alguns políticos da cidade não se deram bem.

De acordo com Cunha Lima, uma das pessoas que está saindo como vítima no rompimento político entre o senador Cássio Cunha Lima e o governador Ricardo Coutinho é o vice-governador Rômulo Gouveia (PSD), que também já anunciou que permanece na aliança pela reeleição do socialista.

Renato defendeu Rômulo e argumentou que o presidente estadual do PSD está no mesmo lugar para onde foi indicado pelo senador Cássio Cunha Lima nas eleições 2010. Para Renato, se o acordo foi feito, ele deve permanecer também para este ano.  

As declarações de Renato Cunha Lima foram veiculadas durante entrevista a Rádio Correio, na 98 FM.


PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog