Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sábado, 12 de abril de 2014

Campinense comemora 99 anos de fundação na véspera do Clássico dos Maiorais


Campinense comemora 99 anos de fundação na véspera do Clássico dos Maiorais
 Títulos, glórias e conquistas. Único clube hexacampeão paraibano, e único time da Paraíba a conquistar o título da Copa do Nordeste, o Campinense Clube comemora neste sábado 99 anos de existência. Na véspera do Clássico dos Maiorais, a Raposa iniciou as comemorações nas horas da manhã deste sábado, quando a alvorada raposeira, que consiste na queima de fogos de vários torcedores em localidades diferentes da cidade.

Por volta das 9h a torcida repartiu um bolo de aniversário no Calçadão. No período da tarde, às 16h, haverá uma celebração religiosa nas dependências do Renatão. Após isso, será servido um coquetel para diretores, atletas e conselheiros do clube. Sangue,nervos e coração. Como diz o hino, o Campinense é mesmo um time campeão, que coleciona títulos e troféus. No total, o rubro-negro já conquistou 17 campeonatos estaduais, sendo o segundo maior vencedor da competição. O título que mais orgulha a sua torcida, no entanto, é o hexacampeonato, conquistado na década de 60.

Fundado em 12 de abril de 1915, o Campinense era uma sociedade esportiva, idealizado como clube dançante, por vinte e oito jovens da elite da cidade. O departamento de esportes do clube só foi criado em 1917, quando foi iniciada a prática do futebol. Surgiu então a primeira rivalidade: o América, clube contra o qual o Campinense obteve a primeira vitória, por 1x0, em 1919. Contudo, as confusões eram constantes. Temendo que as brigas pudessem prejudicar a imagem do clube social, as atividades futebolísticas foram encerradas. A agremiação seguiu ativa, organizando festas e bailes.

Após algumas tentativas, o departamento de esportes só foi reativado no ano de 1954, quando o médico Gilvan Barbosa assumiu a diretoria do Campinense Clube. A finalidade era promover, de forma amadora, a prática esportiva, como futebol, basquete, vôlei, tênis e etc. Em 1958 se tornou profissional e começou a fazer suas primeiras contratações, com atletas da região. A partir de1960, o Campinense passou a disputar o Campeonato Paraibano de Futebol. Já no primeiro ano sagrou-se campeão, feito que se repetiu nos 5 anos seguintes, totalizando assim 6 conquistas seguidas, ou seja, o hexacampeonato, fato não repetido e de muito orgulho para os torcedores nos dias de hoje.

Em 1961, foi a primeira equipe do Estado a participar de uma competição nacional, no caso, a Taça Brasil. Em 1962, conquistou a fase Nordeste da Taça Brasil, em final contra o Bahia.

Na década de 70, o Campinense foi um dos maiores clubes do futebol brasileiro. Em 71, disputou o Campeonato Brasileiro da Série B. No ano seguinte, foi vice-campeão do mesmo campeonato, um dos maiores feitos de um clube paraibano na história do futebol brasileiro. Em 75, foi o primeiro clube da Paraíba a disputar a Primeira Divisão do campeonato nacional. No ano de 1979, o Campinense teve a melhor defesa do Brasileirão, com média de 0,5 gols por partida. Esta marca representa a sétima melhor defesa da história da competição.

Após alguns anos sem muito destaque, o Campinense voltou a reaparecer no cenário nacional em 2003, quando chegou ao quadrangular final da Terceira Divisão. O sonho de figurar novamente nas divisões superiores foi adiado para 2008, quando a Raposa conseguiu o tão sonhado acesso ao terminar em 3ª lugar na Série C. Foi a primeira equipe paraibana a se classificar para a Série B pelo sistema de ascensão de divisão.

A maior conquista do Campinense veio no ano passado, 2013, quando o rubro-negro surpreendeu até o mais otimista dos torcedores e se sagrou Campeão da Copa do Nordeste, após eliminar equipes como Sport, Fortaleza e Asa de Arapiraca.

PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog