Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sábado, 5 de abril de 2014

Cássio garante que PSDB vai buscar partidos para compor chapa majoritária e Cícero pode declinar de postulação

Cássio garante que PSDB vai buscar partidos para compor chapa majoritária e Cícero pode declinar de postulação
Ao participar da Convenção do PSDB em Campina Grande, onde foi definida a postulação de uma candidatura própria ao governo do Estado no pleito de 2014, o senador Cássio Cunha Lima garantiu que a legenda tucana vai buscar outros partidos para compor a chapa.

Cássio que é pré-candidato ao governo pelo partido, não citou nomes, mas garantiu que todos os partidos que integrarem o arco de aliança poderão fazer parte da majoritária. O senador observou que até mesmo a vaga do senado está aberta. Nesse sentido, disse garantiu que o senador Cícero Lucena pleiteia novamente a oportunidade para disputar uma vaga no Senado, admitiu a possibilidade de renunciar a postulação, em favor de uma causa maior.

- Não fechamos as portas para as outras legendas. Vamos conversar com as outras forças, tanto pra o cargo de senador, como para o de vice – finalizou CCL. Nomes como o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Marcelo (PEN), e até do deputado Leonardo Gadelha (PSC), estão na mira dos tucanos.

Cássio garantiu que está conversando com todos os partidos no sentido de formar uma grande aliança política. No final da manhã, Cássio reafirmou que o PSDB definiu, definitivamente, que vai apresentar postulação ao governo do Estado, o senador Cássio Cunha Lima disse que os tucanos decidiram de forma legítima e que por isso não precisa dar explicações a Ricardo.

– Não devo nenhuma explicação a Ricardo Coutinho, só devo satisfação ao povo da Paraíba, porque é o povo que é soberano – destacou Cássio. Cássio ainda explica, que na aliança de 2010 ele não nutria nenhuma relação pessoal com Ricardo e que a decisão foi tomada com base em uma carta de intenções, de forma responsável.

O tucano disse que o PSDB sempre procurou viabilizar o governo, mas que não congregava com muitas ações de Ricardo.

– Eu não assino embaixo de governo que não respeita as instituições, que persegue, maltrata de forma inadequada aos que mais precisam, que deixa a desejar na maioria das suas áreas – relatou Cássio.

PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog