Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Conde: começa primeira etapa das obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento 24h


 Conde: começa primeira etapa das obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento 24h
A construtora ALB Engenharia, de João Pessoa, iniciou as obras de construção da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24 horas, no contorno da BR-101 com a PB018, esta semana. A ordem de serviço assinada na última semana pela prefeita municipal de Conde, Tatiana Correa (PTdoB), prevê que a unidade tipo-1 seja concluída em um período de seis meses. No Conde, a UPA 24 horas garantirá assistência à saúde de uma população estimada em 23 mil habitantes.

O secretário municipal de Saúde, Francimar Veloso, disse que a execução da obra concretiza um sonho e um projeto que, desde o início da gestão da prefeita Tatiana, se trabalhou e lutou contra várias dificuldades encontradas.

“É a resposta que o nosso povo precisava ter. Compromisso com o bem público e o melhor para nossa população”, afirmou.

O projeto da UPA 24 horas que é assinado pelo Arquiteto Herbert F. Alves conta com mais 1.200 m² de área construída.

Orçamento - A obra orçada em R$ 2,200 milhões (dois milhões e duzentos mil reais), sendo R$ 1,400 milhão (um milhão e quatrocentos mil reais) destinado à estrutura física e R$ 800 mil para equipar a unidade, está sendo realizada com recursos provenientes do PAC2 - Programa de Aceleração do Crescimento, do Ministério do Planejamento.

O valor do custeio da manutenção será divido entre o Governo Federal, por meio do Ministério da Saúde; Governo do Estado e os municípios pactuados Conde, Alhandra e Pitimbu.

UPA - A Unidades de Pronto Atendimento vai funcionar 24 horas por dia, sete dias por semana, atuando em parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Dessa forma, ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais.

A UPA inova ao oferecer estrutura simplificada, com raio-X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com UPA, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.




Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog