Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

terça-feira, 6 de maio de 2014

Prefeito de Alhandra pede celeridade em solicitações do município


Prefeito de Alhandra pede celeridade em solicitações do município
 Recebido pelo deputado federal Aguinaldo Ribeiro, ex-ministro da pasta, e pelo prefeito, Romero Rodrigues, o ministro das Cidades, Gilberto Magalhães Occhi, participou, na manhã desta segunda-feira (05), da entrega de 496 unidades habitacionais do programa Minha Casa, Minha Vida, em Campina Grande e ainda teve tempo de conversar, reservadamente, com várias autoridades, entre elas, o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues (PMDB) que foi ao encontro do ministro para cobrar celeridade na liberação de recursos para várias obras em sua cidade, entre as quais destacam-se o fechamento das crateras na zona rural do município e a construção de casaspopulares, através do programa do Governo Federal.


“Aproveitei a vinda do ministro para reivindicar, pessoalmente, celeridade nos trâmites burocráticos e na liberação de recursos para projetos que direcionamos para o Ministério das Cidades, a exemplo do que assegura recursos para atender um pleito antigo da população da zona rural, que é a solução definitiva dos problemas das imensas crateras que já engoliram casas e ruas e também para o nosso programa de habitação popular, que prevê a construção de moradias utilizando o Minha Casa, Minha Vida”, destacou o prefeito que disse ter ficado animado com a conversa. “O ministro disse que ia averiguar o encaminhamento dos nossos pleitos”, disse o prefeito de Alhandra.


Segundo o secretário de Obras de Alhandra, Israel José da Silva, o projeto das crateras está orçado em R$ 14 milhões e abrange três localidades: Bela Vista, o bairro de Nova Descoberta e uma área do Distrito de Mata Redonda. A maior das crateras mede 800 metros de diâmetro em Mata Redonda, mas têm as outras duas que chegam a 40 metros de largura e 40 metros de profundidade. “Há 30 anos, a população vinha assistindo ao crescimento do problema sem que o poder público se pronunciasse sobre o assunto ou tomasse alguma iniciativa para solucionar o problema das crateras, somente agora, na atual gestão, esse assunto foi levado adiante”, finaliza Israel.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog