Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa foi iniciada em Alhandra


Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa foi iniciada em Alhandra
 A Secretaria de Agricultura de Alhandra já começou a campanha de vacinação da febre aftosa no município. Esta primeira etapa do processo de prevenção do vírus acontece até o dia 31 de maio e a expectativa inicial é vacinar 1.200 cabeças de gado. A vacinação contra febre aftosa é aplicada duas vezes ao ano. O secretário de Agricultura, Severino Pereira e técnicos da área estão acompanhando a aplicação das vacinas nas propriedades rurais do município.


A Febre Aftosa é uma doença viral altamente contagiosa, que afeta bovinos e suínos. O vírus pode ser transmitido através da baba do animal e por contato indireto com sangue contaminado ou através de alimentos, água, ar e pássaros. Segundo o técnico agrícola, João Rodrigues, a Secretaria de Agricultura está realizando visitas em todas as propriedades rurais de criação de gado de Alhandra para fazer, *in loco*, todo o processo de cadastro e regularização do rebanho. “Uma equipe formada por um técnico agrícola, um vaqueiro e um vacinador está visitando todas as comunidades rurais e aplicando a vacina, assim, o criador não precisará se preocupar com os prazos de vacinação”, disse o técnico.


Os criadores que não vacinarem ou não apresentarem a notificação no tempo previsto estão sujeitos a punições como multas e impossibilitados de transportar e comercializar os animais, uma vez que não terão direito ao GTA (Guia de Trânsito Animal), além da exclusão dos programas do governo. Desde o início da atual gestão do prefeito Marcelo Rodrigues que o abate do animal para venda, no município de Alhandra, só é realizado através da comprovação de vacinação do animal.


Para o secretário de agricultura, Severino Pereira, embora o município esteja fora da zona de risco de proliferação do vírus nos animais, é importante a vacinação para um bom desenvolvimento do rebanho. “Nosso objetivo é manter esse patamar para que nossos criadores não venham a ter problemas com o seu rebanho. Até o final deste mês, iremos vacinar as 1.200 cabeças de gado” disse o secretário.

Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog