Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 12 de maio de 2014

SD declara apoio oficial a Aécio Neves nesta 3º, em Brasília; na PB executiva deu carta branca a Benjamim Maranhão


O Solidariedade, legenda política criada em setembro de 2013, vai apoiar o senador Aécio Neves como candidato à Presidência da República. O apoio será declarado oficialmente amanhã, terça (13/05) às 15h, em ato realizado em Brasília.

Na Paraíba, o apoio da legenda na disputa estadual segue indefinido. Mesmo a sigla apoiando o PSDB em âmbito nacional, essa decisão no Estado só será tomada se a maioria dos filiados acatarem, sem imposições.

Segundo o presidente nacional do partido, o Paulinho da Força, ninguém será obrigado a ‘casar’ o apoio nacional com o apoio estadual.

O deputado federal Benjamim Maranhão, que é quem preside o partido na Paraíba, já recebeu carta branca da nacional para decidir com quem marchará nas eleições deste ano. Com um tempo de guia expressivo, o Solidariedade recebe propostas para compor com PSDB, PMDB e até mesmo o PSB.

“Nosso partido foi construído no campo das oposições, tivemos dificuldades com o governo federal, que jogou contra a criação do SD e vou continuar defendendo uma aliança com a oposição e por isso apoio Aécio Neves, mas no caso da Paraíba quem decide é Benjamim, tenho uma simpatia por Cássio, mas a aliança só será estendida na Paraíba se ela conseguir alcançar o objetivo de aumentar nossa bancada no Congresso Nacional”, falou.

Paulinho da força explicou que o objetivo do partido é aumentar a bancada federal que hoje é de 24 deputados, para 40 representantes na Câmara Federal. “Precisamos eleger um deputado federal e se Benjamim entender que a chapa de Cássio é a mais favorável para que esse objetivo seja alcançado, nós comporemos com ele, se não, ele irá à busca de outra aliança, o que eu sei é que nós precisamos desse paraibano no Congresso”, destacou.

Estão sendo esperadas lideranças de diversos partidos, além de Aécio Neves e outros líderes do PSDB no anúncio de apoio. O Solidariedade estará mobilizado com deputados de todo o País, lideranças nacionais e estaduais, além de centenas de militantes.

“O trabalhador está cansado da incompetência e das mentiras da Dilma”, afirmou o presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força.

“Estamos com o Aécio porque ele se comprometeu com a pauta dos trabalhadores e sabe que é hora de fazer o País avançar, gerando emprego e renda para todos”, completou.

Atualmente o Solidariedade tem 24 deputados federais, um senador, 82 deputados estaduais, 204 prefeitos e mais de 3500 vereadores, além de milhares de lideranças, sindicalistas e militantes que estavam descontentes com os atuais partidos e a politica nacional e ingressaram e acreditaram nessa nova legenda.


Márcia Dias

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog