Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Socialista compara aceno de RC ao PMDB a flerte de Cássio com o PT: “Se ele pode o governador também pode”


Socialista compara aceno de RC ao PMDB a flerte de Cássio com o PT: “Se ele pode o governador também pode”
O líder do Governo na Assembleia Legislativa da Paraíba, Hervázio Bezerra (PSB) comparou o recente aceno do governador Ricardo Coutinho para atrair o apoio do PMDB nas eleições deste ano a estratégia utilizada pelo senador Cássio Cunha Lima (PSDB) para tentar conquistar a adesão do Partido dos Trabalhadores na disputa pelo Governo do Estado.

“Cássio rompeu conosco e agora ele vem dialogando com praticamente todos os partidos, inclusive o PT, então se ele pode o governador Ricardo Coutinho também pode e vai fazer esse diálogo também com todos, inclusive com o PMDB”, destacou. Segundo Hervázio, nem Ricardo Coutinho nem ele próprio escolhem legendas para realizar composições, mas sim partidos que comunguem com o mesmo projeto político.

“Eu defendo uma composição para o fortalecimento do nosso agrupamento político, é essa a tese, nem o governador nem eu, particularmente, escolhemos legendas, nós queremos pessoas, partidos que comunguem com o mesmo projeto político, assim como o senador Cássio comungou com esse projeto político até bem pouco tempo e rompeu, nós só temos que lamentar e respeitar essa decisão ”, falou.


Líder da oposição repudia possibilidade de aliança com o PSB


“Isso não tem fundamento, é uma incoerência”. A declaração foi do deputado estadual Gervásio Maia, descartando qualquer possibilidade de uma aproximação política do PMDB com o governador Ricardo Coutinho (PSB). O parlamentar ratificou as palavras do presidente do partido, o ex-governador José Maranhão, para quem, as experiências passadas com RC afastam qualquer tese de reaproximação dos dois partidos.

Em entrevista a Rádio Correio FM, Gervásio rebateu as declarações do governador Ricardo Coutinho sobre a possível composição com seu partido. Ele destacou que as afirmações não estão em sintonia com outras ditas anteriormente.

Líder da oposição na Assembleia Legislativa Gervásio enfatizou que não teria sentido para os deputados da oposição se aliar com RC o que seria uma incoerência. Ele observou ainda que o governador havia dito antes que iria fazer o possível para derrotar a oposição e agora está colocando a possibilidade de aliança entre os partidos. Para o peemedebista, essa atitude não é coerente e não acompanha o quadro político atual do Estado.

- Isso é uma coisa absurda. É uma incoerência, não tem o menor fundamento. Ontem ele estava dizendo que ia dar uma “surra de varas” na oposição. Isso é coisa de quem está fora de órbita com a política e com a Paraíba – rebateu.


Com informações de Henrique Lima

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog