Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Manoel Jr se diz além de surpreso, traído pela postura do PT


Manoel Jr se diz além de surpreso, traído pela postura do PT
 O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) declarou nesta quinta-feira (26) durante reunião do PMDB que o partido passa por um momento difícil em que sofreu com a desistência da postulação de Veneziano Vital do Rego (PMDB) a pré-candidatura ao governo da Paraíba e ainda com a saída do PT da chapa majoritária.

"Estamos num momento extremamente difícil para o nosso partido. Eu faço parte de um grupo que sempre lutou pela candidatura própria do PMDB, fazendo aliança com os partidos de oposição ao Governo instalado na Paraíba. Infelizmente temos a desistência do nosso candidato Veneziano Vital. Só ele pode e lhe cabe a explicação dessa postura, a partir daí o partido tem que tomar posições. Ainda advogamos pela candidatura própria. O senador Vital do Rego (PMDB) já se colocou a disposição".

Manoel Júnior se diz  surpreso e traído com a desistência do PT

"Tivemos a desistência do PT que esteve conosco não somente com o aval da orientação da Nacional, mas também pelo querer da maioria do PT no Estado. Não estava no contexto eles anunciarem apoio ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao qual fazia oposição ao longo destes anos. Esse é o quadro agora que teremos que analisar. Estamos reunidos dialogando, fazendo contatos com outras figuras do partido e outras legendas".

Sobre traição e plano B

"Fiquei surpreso inicialmente e traído depois, porque nenhum de nós tinhamos essa informação que o PT deixaria o compromisso assumido de manter o palanque da presidente Dilma Roussef (PT) e agora vão dividir palanque com Ricardo".

Indagado sobre uma possível aproximação do PMDB com o PSDB, Manoel Júnior não descartou a possibilidade.

"Não tinhamos como fazer nenhum contato mais formal com Cássio Cunha Lima (PSDB) porque tinhamos a postulação de Vené e de Lucélio Cartaxo (PT) ao senado. Estavamos envolvidos e apenas estavamos discutindo a chapa proporcional. Agora estamos liberados para dialogar com todos os partidos que estão no campo das oposições. O que entendemos é que não devemos nos curvar ao poder de quem acha que é o dono da Paraíba. Eu sinceramente sou oposição e quero que a Paraíba volte a sorrir e ser feliz e não continue na ditadura que se encontra nesse instante", finalizou.


Vanessa de Melo com Henrique Lima

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog