Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 31 de julho de 2014

1° debate entre candidatos ao governo começa com Vital anunciando choque de tecnologia para a polícia e Cássio prometendo tirar a PB do retrocesso


 O primeiro debate entre os candidatos ao governo da Paraíba, transmitido pela TV Master, começou quente. Vital do Rêgo Filho, candidato ao governo do Estado pela Coligação Renovação de Verdade (PMDB-PT), iniciou cumprimentando os demais candidatos concorrentes, os telespectadores e o mediador Alex Filho.


Nas considerações iniciais, Vital do Rêgo Filho, (PMDB)  disse que há quatro anos, a Paraíba lhe concedeu o direito de ser senador e ele prestigiou a Paraíba com trabalho.

Vital disse ainda que agora tem convicção para governar o estado.

- Já apresentei um plano de trabalho para o Estado, para que nas próximas décadas, a Paraíba avance. Temos um grande desafio nessa campanha, eu e a presidente Dilma, para avançarmos no social e crescimento do Estado – disse o peemedebista.


Ainda no primeiro bloco, Vital respondeu algumas perguntas feitas pelos candidatos, e anunciou investimentospara valorizar e equipar a polícia da Polícia. ‘A Polícia da Paraíba precisa receber um choque de tecnologia, e um choque de inovação. Nós temos muitas dificuldades. No nosso governo vamos mudar essa realidade e para isso, temos inúmeros projetos” afirmou Respondendo a perguntas do senador Cássio Cunha Lima, ele falou dos projetos para valorizar e recuperar a auto estima do servidor público. Também garantiu realização de concurso público. Vital também prometeu aumentar a tropa no Estado criando a figura do soldado temporário e ainda abrir concurso público para contratar policais Militar e Civil.

Em sua primeira participação, o senador Cássio Cunha Lima, candidato ao governo do PSDB, criticou a atualgestão, afirmando que hoje o Estado vive um retrocesso em seus segmentos mais importantes.


- Estou mais maduro, aprendi com meus erros e sofrimentos pessoais, e estou absolutamente preparado para fazer algo diferente que possa tirar a Paraíba do retrocesso que ela vive hoje na Saúde, na Segurança e na Educação – pontuou.


Ainda em tom de crítica, o candidato disse que “precisamos reconciliar o governo com a sociedade, criando um ambiente de paz onde, com harmonia, possamos trazer projetos estruturantes para sacudir a economia da Paraíba e fazer o Estado voltar a crescer”.

Já o candidato a reeleição Ricardo Coutinho (PSB), ao iniciar a sua fala afirmou que assumiu o cargo de governador para ser um gestor e não um ator.

- Não coloquei e nem fiz nenhuma peripécia que me levasse a fazer qualquer coisa para me manter no poder. Criei o Orçamento Democrático, demos um salto importante e estabelecemos um processo quebrando paradigmas da velha política. Assumi o governo para ser um gestor e não um ator – destacou o socialista.

PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog