Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sábado, 19 de julho de 2014

Bombeiros localizam família em escombros de prédio que desabou

Desabamento em Aracaju ocorreu na madrugada deste sábado (19).
Vigilante disse à Defesa Civil que casal dormia no local com dois filhos.

 O Corpo de Bombeiros de Sergipe informou neste sábado (19) que localizou uma família, um casal e seus dois filhos, um de seis anos e um bebê, sob os escombros do prédio que desabou em Aracaju nesta madrugada. As informações foram repassadas pelo comandante Henrique. A corporação ainda trabalha para localizar o ponto exato em que está a família para proceder o resgate.
“Eles respiram com dificuldades, mas estão bem. Ainda estão sob os escombros e vamos resgatá-los um por um. Nosso trabalho segue até que a segurança deles esteja garantida”, disse o comandante
.

O prédio residencial de quatro andares, que estava em construção, desabou na madrugada no Bairro Coroa do Meio. O trecho da rua foi interditado pela Defesa Civil. Buscas eram realizadas há mais de 13 horas por equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) quando a família foi encontrada.
Mais cedo, o vigilante da obra confirmou que permitiu que a família entrasse no prédio para dormir, como havia feito em dias anteriores.

O coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel José Erivaldo Mendes, disse que o prédio desmoronou sobre o próprio eixo.
O imóvel fica localizado na Rua Poeta José Sales Campos, na Zona Sul de Aracaju, perto da Orla da Atalaia, um dos principais cartões postais da capital sergipana.

A assessoria de imprensa da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emurb), da Prefeitura de Aracaju, informou que o proprietário do prédio tinha licença para fazer a construção. Segundo o órgão, o prédio estava em fase de finalização, tinha 12 apartamentos que seriam alugados.

"A documentação para a construção do prédio de quatro andares, com o térreo e garagem estava regular e foi licenciada em 2012", disse Ademar Queiroz.

O Corpo de Bombeiros informou que a causa do desabamento será investigada e o laudo deverá ficar pronto em até 30 dias.
do G1 SE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog