Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

terça-feira, 8 de julho de 2014

CHAPA QUENTE: ao menos três deputados estaduais deverão ‘sobrar’ após composição de partidos na disputa por vagas na ALPB


CHAPA QUENTE: ao menos três deputados estaduais deverão ‘sobrar’ após composição de partidos na disputa por vagas  na ALPB
Mesmo com a grande maioria das campanhas em fase de articulação, a eleição para a Assembleia Legislativa da Paraíba, promete ser uma das mais acirradas das últimas décadas e se não bastassem os problemas relacionados à falta de votos, diversos deputados agora se vêem em apuros para tentar reconquistar a cadeira na Casa de Epitácio Pessoa, situação agravada pelas coligações montadas pelos presidentes de partidos que levam muitos deputados para o sacrifício.


Em meio a um verdadeiro tiroteio na busca por apoios, partidos como: PMDB. PT. PSB e PEN sabem que não vão manter as representações no próximo ano, numa estrada semelhante seguem os integrantes da Coligação proporcional composta pelo PSD de Rômulo Gouveia e o PSC de Marcondes Gadelha que definiram o apoio aos 46 minutos do segundo tempo e agora passam por apuros.


Atualmente detento sete cadeiras: 4 do PSC e 3 do PSD, as duas forças sabem que ao menos três cadeiras deverão seguir para a ‘guilhotina’ em face do coeficiente eleitoral e da inexistência de candidatos nanicos que proporcionam uma boa calda eleitoral garantindo um maior numero de cadeiras na composição.


No lado do PSD, quem está na disputa é: Manoel Ludgerio que recentemente retornou ao convívio do grupo Cunha Lima, a esposa do vice-governador Rômulo Gouveia, a deputada Eva Gouveia, não se esquecendo de João Gonçalves (PSD) e os parlamentares do PSC: Arnaldo Monteiro com atuação em Esperança e região, Carlos Batinga no Cariri, Guilherme Almeida no Compartimento da Borborema e Vituriano de Abreu que é de Cajazeiras e disputará votos na Terra do Padre Rolim com o ex-prefeito Carlos Rafael (PMDB).


Mesmo achando que pularam uma fogueira, ao não coligarem com o ‘Chapão’ tucano, os parlamentares do PSC e PSD acreditam que mesmo com iminentes chances de figurarem como suplentes, acreditam que serão chamados em caso de vitoria do grupo de Cássio Cunha Lima (PSDB).


“Há época que Cássio foi governador ele chegou até a chamar seis suplentes”, lembrou-se um parlamentar que disputará a reeleição e pediu anonimato.


Henrique Lima 

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog