Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Vital volta de Brasília reafirmando que é candidato a governador


 Clique para ouvir

O senador Vital Filho (PMDB) desembarcou no aeroporto Castro Pinto há pouco vindo de 
Brasília sem conseguir trazer consigo a garantia da direção nacional do PT de que o partido
 na Paraíba estaria aliado com sua candidatura ao Palácio da Redenção. Mesmo assim, 
Vital disse que a candidatura está mantida e acrescentou que ainda guarda a esperança de 
ter o PT a seu lado:
 
"Uma das missões eu concluí hoje de manhã que era a Medida Provisória de 
ajustes no setor elétrico nacional. Ao longo da semana, conversamos muito com a 
direção do Partido dos Trabalhadores e com outras direções partidárias e com meu 
partido, com os deputados estaduais e federais. Agora, é ultimar o fechamento 
desses encontros para apresentar nossa chapa que já está constituída com Roberto Paulino 
para vice e José Maranhão para senador", disse Vital, acrescentando que acredita na 
possibilidade de o PT recuar do apoio a Ricardo Coutinho: "O governo entende que 
Dilma Rousseff precisa de um palanque próprio e por isso que eu mantenho a 
expectativa de que a aliança sairá porque ela é fundamental para o cenário nacional".
 
Vital minimizou os efeitos negativos da indefinição de seu partido em relação à chapa 
majoritária, dizendo que a legenda tem grandes nomes para a disputa, declarou que 
vai continuar as reuniões com os companheiros de partido e nas próximas 48 horas 
o PMDB deve entregar a ata da convenção ao Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba. 
"A eleição começa a partir do registro de candidaturas e o PMDB vai mostrar sua grandeza".
 
Ao ser questionado se teria sido um erro o lançamento de Veneziano Vital do Rêgo 
há mais um ano da campanha, o senador negou: "A candidatura de Veneziano eu 
classifiquei como o anúncio de João Batista. Ela passou a existir porque o PMDB 
precisava de alguém que falasse por ele em terrenos desertos. Veneziano falou, 
semeou e nós só somos candidatos porque ele veio antes"
 
A entrevista foi concedida ao repórter Dênis Coelho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog