Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Casais formados no Orkut lamentam fim da rede social

 Comunidades, descrições e depoimentos ajudaram a aproximar pessoas que estão juntas até hoje.
Da BBC
 Diversas comunidades celebram os relacionamentos que começaram no Orkut (Foto: Reprodução/Orkut)Diversas comunidades celebram os relacionamentos que começaram no Orkut (Foto: Reprodução/Orkut)
Indígenas da etnia suruí, Gasodá Suruí e Maria Leonice moravam a cerca de 350 km de distância: ele em Cacoal e ela na aldeia indígena Alta Floresta do Oeste, em Rondônia. Com oOrkut, a distância diminuiu. Os dois se conheceram pela rede social, começaram a namorar e se casaram – pela internet.
O casal teve dois filhos. Quando nasceu a menina, há quatro anos, eles ainda postavam fotos dela no Orkut. O menino, de 10 meses, já é da geração Facebook.
"Com o tempo fomos parando de usar o Orkut e começamos a postar mais fotos no Facebook. Mas o Orkut vai fazer falta, nossa história está lá", diz Gasodá, que correu para salvar suas memórias assim que o fechamento do site foi anunciado.
Ao chegar ao fim, neste 30 de setembro, após dez anos de vida, o Orkut deixa alguns órfãos especiais: os casais unidos pela rede.
No derradeiro dia da rede social ainda sobreviviam dezenas de comunidades no estilo "Conheci meu amor no Orkut".
O Orkut tinha algumas ferramentas – que não existem no Facebook, para onde migrou a maior parte dos usuários da rede – que, para os casais ouvidos pela BBC, faziam com que fosse um bom cupido.
Comunidades, biografias no perfil e testemonials impulsionavam os RELACIONAMENTOS AMOROSOS na rede.
Possibilidade de avaliar as pessoas como "legal" ou "sexy", uma ferramenta "dedo duro" que deixava ver quem deu aquela espiadinha no seu perfil e o Buddy Poke, aplicativo que permitia dar cutucadas como as do Facebook, também deram um empurrãozinho nos namoros.
A descrição que cada pessoa podia fazer de si própria em seu perfil – que se chamava "Quem sou eu" – ajudou o relacionamento do leitor da BBC Brasil Marcelo, que pediu para não ter seu sobrenome divulgado.
Há seis anos, ele conheceu seu namorado, Renan, pela rede social. Marcelo conta que participava de muitas discussões nas redes e não costumava "add" desconhecidos, mas se encantou com um menino que o adicionou como amigo.
"Fiquei olhando a foto daquele rapaz e algo me hipnotizou. Dei uma boa olhada no perfil dele e li a descrição, espaço destinado às características da pessoa que o site disponibilizava. Resolvi aceitar o pedido de amizade", conta.
As conversas começaram por scraps, os recadinhos da rede. Mas, na época da internet discada, ele só podia usar a rede algumas horas por dia.
"'Como posso estar tão ligado a uma pessoa que eu nunca vi, somente com uma conversa e uma foto?', pensei. Minha mãe só me deixava usar o computador entre 19h e 22h todos os dias. Mal fechei os olhos naquela noite de tanta felicidade e ansiedade para falar com ele no dia seguinte".
O primeiro contato por voz ocorreu só depois que Marcelo economizou dinheiro da PASSAGEM, indo a pé para a escola, e conseguiu comprar créditos de celular. Encontro fora do mundo virtual só rolou dois anos depois, quando ele foi do Rio de Janeiro para Sorocaba encontrar Renan.
Duas semanas não foram suficientes para ficarem juntos: na hora de pegar o ônibus para voltar, Marcelo desistiu e acabou passando três meses com o namorado.
Hoje, planejam casar e morar juntos.
"O Orkut foi quem nos deu essa grande história para contar. Foi marcante e sempre serei grato ao Orkut e sua rede social de mesmo nome por aproximar pessoas, amigos, casais e por interatividade em fóruns."
 Filipe e Juliana se conheceram em uma comunidade do Orkut (Foto: Arquivo pessoal)Ads by CinemaxMEFilipe e Juliana se conheceram em uma comunidade do Orkut (Foto: Arquivo pessoal)
Comunidades
As comunidades que deixaram a rede social famosa também eram uma que aproximava pessoas com os mesmos gostos e possibilitava CONHECER PESSOAS mesmo sem ter amigos em comum.
O leitor Filipe Levi contou, em uma mensagem enviada à BBC Brasil, que conheceu sua mulher, Juliana, em uma comunidade sobre discussão religiosa do Orkut, em 2005.
"Li um comentário e gostei dos argumentos que ela usava na tal discussão. Tímido como sou, não falei nada a princípio, apenas visualizei seu perfil e descobri que ela tinha um blog à época. Passei a ler o blog dela e comentar, até que criei coragem e solicitei amizade no Orkut. Ela aceitou e, conversa vai, conversa vem, descobrimos muitas afinidades. Passados mais alguns dias, começamos a namorar, à distância e virtualmente!", conta.
Ele morava em Pernambuco e ela, no Amazonas. Após alguns encontros, os dois decidiram se casar. Estão juntos desde 2009 e têm dois filhos, uma menina de 4 e um menino de 1.
"Com o anúncio do fim do Orkut, corri para fazer download de meus dados que ainda estavam lá", diz ele.
Depoimentos
Os depoimentos, que permitiam declarações públicas de afeto, também ajudavam o Orkut no papel de santo casamenteiro.
Rahif Souza, leitor da BBC Brasil, conheceu Bruna em uma comunidade sobre a banda Led Zeppelin.
"Assim que dei aquela 'stalkeada', eu logo adicionei. Nos tornamos amigos e mandávamos depoimentos um para o outro quase todos os dias, até que nos apaixonamos", conta.
Rahif também sentirá falta da rede."Tínhamos apenas uma foto no nosso Orkut, mas todos os nossos depoimentos estavam guardados lá. Não apagamos."
Mas os saudosos não precisam se desesperar: até 2016, de acordo com o Google, é possível salvar fotos, perfis e dados de comunidades do Orkut por meio do Google Takeout.

Família ajuda nas buscas por jovem sumido em praia do litoral sul da PB

Cobrador de ônibus, de 21 anos, desapareceu em Pitimbu no sábado (27).
Jovem foi pescar com amigos e namorada em área de mangue e sumiu.

Do G1 PB
O corpo do cobrador de ônibus de 21 anos sumido na praia Barra do Abiaí, em Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba, ainda não havia sido localizado até as 10h desta segunda-feira (29). Segundo o companheiro da tia do jovem, Genésio Dantas de Farias, o jovem desapareceu por volta das 11h do sábado (27), quando as buscas começaram. A família está ajudando o Corpo de Bombeiros nas buscas.
Claudialino Hermínio Duarte desapareceu após ir pescar com os amigos e a namorada. Segundo os Bombeiros, o corpo pode ter sido levado para longe do local do afogamento, já que a área é um ‘braço de mar’, região de encontro do Rio Abiaí com o mar. O jovem foi visto pelos amigos pela última vez nadando pela área em que estavam pescando, de acordo com parentes.
Segundo Genésio Dantas de Farias, a família também está ajudando nas buscas pela região na qual ele desapareceu. “A família está muito apreensiva. Sabemos que muito tempo já se passou desde a hora que ele sumiu. Temos a expectativa de localizarmos ele ainda nesta segunda”, comentou. O familiar de Claudialino ainda ressaltou que a área do desaparecimento é de difícil acesso.
De acordo com os bombeiros, a forte correnteza na região pode ter contribuído para o afogamento do jovem. Segundo Genésio Dantas, também existe uma área de mangue no local onde o afogamento teria acontecido.  “Pessoalmente, eu acredito que o que aconteceu foi uma fatalidade, vendo o local, as condições em que ele teria entrado na água, é complicado”, comentou. O cobrador morava com os pais na comunidade Mussumagro, em João Pessoa.

Zilu procura delegacia após críticas de Zezé Di Camargo


Zilu procura delegacia após críticas de Zezé Di Camargo
 A briga envolvendo a separação de Zezé Di Camargo e a ex-mulher, Zilu Godoi, continua dando muito o que falar. Desta vez, a confusão foi parar na polícia. Depois de ser criticada pelo sertanejo na rede social Instagram, em dois dias seguidos, a mãe dos filhos de Zezé decidiu procurar uma delegacia para pedir ajuda.

Zilu fez um registro online na 2ª DP de Barueri, em Alphaville, na noite desta segunda-feira, logo após Zezé usar a internet para atacá-la. A informação foi confirmada pela Retratos da Vida com um funcionário da delegacia.

"Ela fez um Boletim de Ocorrência, sim. Vamos averiguar e ela vai ser chamada para prestar um depoimento", informou um funcionário da delegacia nesta terça-feira.

Ontem, Zezé postou um grande desabafo falando da ex-mulher.

Pessoal, ontem postei quase um desabafo aqui e muita gente não entendeu. Depois de pensar e levar porrada, resolvi mostrar o motivo de minha revolta. Sabe aquela história de quando a pessoa é presa e resolve entregar todo mundo?! Pois é!! Ontem fui procurado por uma pessoa que me disse que fazia parte de um grupo de pessoas, (inclusive) deu o nome e me disse o que faziam pra me prejudicar e queimar a minha imagem diante do meu público. Tem pessoas desse grupo que tem mais de vinte fakes só pra postar coisas ruins a meu respeito. Sei que muitos aqui foram levados por esses comentários e não culpo vocês, apenas analisem bem a situação. Quando você descobre um complô e tem certeza da veracidade dessas coisas, duvido se vocês ficariam calados. Cometi um único erro: gostar de uma pessoa, ainda casado. Mas quantos não já passaram por isso? Inclusive você que está aí me julgando. Se não passou, pode um dia passar. Não sou do tipo que bate e esconde a unha. Muitos estão fazendo isso comigo!! Vou ser sempre transparente, estando certo ou errado. Sou bloqueado no blog de minha ex-mulher. Nunca entrei lá. Mas as coisas chegam pra mim. É muito fácil isso hoje. Está na hora de caírem as máscaras e dar nome aos bois. Defendo quando acho injusto, mas bato quando acho que devo bater. A história feita por mim e meu irmão, só Deus para destruir. Fica aí sim, o desabafo! Há um adendo: grande parte da familia da Zilu trabalhou ou trabalha comigo. Será que sou tão ruim assim?! Tá na hora da verdade começar a aparecer de cá também", escreveu. No dia anterior, ele fez uma outra crítica a Zilu, repreendendo-a por seguir alguns perfils de fofoca.

"Gente, quando tenho que ser justo eu sou. Quando tenho que falar verdade, também falo. Minha ex mulher segue todos os blogueiros ( como: babadeira, alfinetei, babados dos famosos,fotos constrangedoras, janete a estranha, não ta bonitonão, etc). Quer dizer, só lixo! Qualquer artista e pessoa do bem nem segue esse bando!! Por que será hein?".

Zezé e Zilu foram casados por 30 anos. Eles são pais de Wanessa, Camilla e Igor, e se separaram oficialmente em julho. Logo depois, o cantor assumiu o namoro com a jornalista capixaba, Graciele Lacerda. Zilu também namorou, mas o seu romance com o sertanejo Zé Henrique durou apenas três meses. O ex-casal, agora, vive em pé de guerra. Após a assinatura do divórcio, Zilu passou a ganhar uma pensão de R$ 100 mil.




Extra  

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Após mais de 7h, sequestrador se entrega e liberta refém em hotel no DF

Ele foi levado à 5ª DP; refém foi para casa e não precisou de atendimento.
Sequestro começou antes das 9h; homem teve medo de morrer, diz polícia.

Raquel Morais e Mateus RodriguesDo G1 DF










O sequestrador que invadiu o HOTEL Saint Peter no centro de Brasília e manteve um funcionário como refém por mais de sete horas nesta segunda-feira (29) se entregou por volta das 16h, segundo a polícia. Ele foi levado à 5ª Delegacia de Polícia, na Asa Norte.
O refém deixou o HOTEL EM UM carro de polícia e passou despercebido por hóspedes e curiosos que acompanhavam o caso na rua em frente. Segundo a corporação, o funcionário foi direto para casa acompanhado da esposa. Ele estava calmo e não precisou de atendimento médico.

De acordo com a polícia, a arma e os cilindros amarrados à cintura do refém não continham material explosivo.
Segundo o comandante do Esquadrão de Bombas da Polícia Militar do Distrito Federal, capitão Lúcio Flávio Teixeira Júnior, o material era composto por canos de PVC recheados com massa epoxi, serragem e terra.
Um helicóptero da Polícia Civil sobrevoava o HOTEL no momento em que as negociações terminaram. Segundo o delegado Paulo Henrique Almeida, da Divisão de Comunicação da Polícia Civil, o homem solicitou uma bandeira do Brasil para usar sobre os ombros no momento da rendição, mas se entregou com medo de ser alvejado pelos policiais. "Ele percebeu que a única saída era a rendição. Graças a Deus a vítima está bem", diz Almeida
sequestrador tira colete de refém em hotel em Brasília (Foto: Reprodução/GloboNews)sequestrador tira colete de refém EM HOTEL em
Brasília (Foto: Reprodução/GloboNews)
O homem pode responder por cárcere privado, cuja pena é de um a três anos de reclusão. Dependendo do resultado da perícia, ele pode ser indiciado por outros crimes.
Minutos antes de se entregar, o homem apareceu na sacada do prédio com um dos punhos unido por algemas ao braço do refém. O funcionário já aparecia sem o colete com a suposta carga de dinamite, que havia sido amarrado ainda no início da manhã. A esposa do refém e uma madrinha do sequestrador acompanhavam as negociações no espaço em frente à entrada do HOTEL.
Atiradores de elite da Polícia Civil foram posicionados em áreas estratégicas no início da tarde e aguardavam autorização para atirar. Na ocasião, a polícia ainda não sabia se os explosivos eram verdadeiros. O volume de dinamite teria capacidade para danificar a estrutura do HOTEL, segundo a polícia.
O autor do sequestro tinha expressado exigências políticas – renúncia de Dilma Rousseff, extradição de Cesare Battisti e o que chamou de "aplicação efetiva da Lei da Ficha Limpa", sob ameaça de detonar os explosivos. O delegado Almeida manteve sigilo sobre o prazo dado pelo sequestrador, mas informou que seria inferior a seis horas.
FIM SEQUESTRO 2 (Foto: Evaristo Sa/AFP, José Cruz/Agência Brasil e Reprodução/Globo News)Imagens mostram o sequestrador ameaçando
refém, a fachada do HOTEL E policiais no quarto a
rendição do homem  (Fotos: Evaristo Sa/AFP, José
Cruz/Agência Brasil e Reprodução/Globo News)
'Do bem' e cartas
Amiga da família e chamada de tia pelo sequestrador, a dona de casa Alaídes Alves Góis, de 50 anos, disse não ter entendido o que aconteceu. Segundo ela, que soube do caso pela TV, a ação não combina com a postura do sequestrador.
"Ele é como se fosse um filho para mim, foi criado junto com meu filho. Ele me chama de tia", disse. "A atitude dele é muito desesperadora. Não acredito que vá acontecer, que ele vá fazer nenhuma desgraça. Não acho que ele faria isso a alguém. Falei com a mãe dele por telefone. Ela me pediu, pelo amor de Deus, para interceder. Ele me escuta mais que à mãe."
Alaídes conta que conheceu a família quando comprou uma fazenda no interior de Tocantins e se tornou vizinha deles. O contato, iniciado em 1987, prossegue até hoje. A dona de casa disse que todos se consideram como sendo "do mesmo sangue".

Na casa do suspeito, em Combinado, no Tocantins, a polícia encontrou três cartas de despedida escritas pelo sequestrador. De acordo com o delegado Paulo Henrique Almeida, nos textos ele pedia desculpa à mãe e aos tios, se dizia "desesperado" com o atual "cenário político" e falava que "essa tempestade vai passar".
As cartas teriam sido escritas no dia 26. O homem foi para Brasília no próprio carro, e o automóvel foi apreendido para perícia.
O lutador de MMA Minotauro, que estava hospedado no hotel e teve de deixar o quarto às pressas (Foto: Dayane Oliveira/G1)O lutador de MMA Minotauro, que estava hospedado
no HOTEL E teve de deixar o quarto às pressas
(Foto: Dayane Oliveira/G1)
Hóspedes desalojados
Por causa do sequestro e ameçada de explosão do HOTEL, os hópedes do Saint Peter tiveram de deixar o prédio logo cedo.Entre os hóspédes etava o lutador de MMA Rodrigo Nogueira, o Minotauro. Ele e o irmão participaram neste final de semana de um evento esportivo em Brasília.
Minotauro disse ao G1 que foi informado que teria de deixar o HOTEL POR causa de um vazamento de gás. "A gente desceu pelo elevador. Lá dentro não ficamos sabendo de nada. A primeira informação foi que estava tendo um vazamento de gás, que era para a gente sair o mais rápido possível."
O lutador disse que ainda demorou a deixar o Saint Peter porque estava tomando café na hora em que os funcionários estavam indo de quarto em quarto avisar os hóspedes para deixar o HOTEL. "Quando chegaram ao meu quarto eu tinha saído para tomar café, então quando voltei os quartos já estavam todos abertos, ninguém tinha nenhuma informação."
A médica Larissa Dourado, que veio para Brasília para participar de um congresso de cardiologia, disse que estava no quarto quando os bombeiros bateram à porta, por volta de 9h30 da manhã, e disseram que era para ela deixar o HOTEL.

"Começaram a bater nas portas dos quartos, chamando a gente, eles se identificaram como bombeiros e disseram que era pra evacuar os quartos. Foi supertranquilo, desci de elevador. Não trouxe nada além do meu celular, até meus documentos estão lá dentro", disse
.

Aguinaldo Ribeiro cumpre agenda extensa e visita dez municípios durante o final de semana

 O deputado federal Aguinaldo Ribeiro (PP), cumpriu uma extensa agenda de campanha durante este final de semana. Ao lado de correligionários e liderança politicas, Aguinaldo percorreu 11 municípios paraibanos. Entre comícios e reuniões o candidato à reeleição recebeu o carinho e a receptividade do povo paraibano. No sábado, Aguinaldo ao lado do vice-prefeito de Caaporã, Saulo Veloso, visitou a feira livre da cidade onde cumprimentou populares e recebeu o carinho da população.

Em seguida o deputado federal foi até a cidade de Pitimbu, onde foi recepcionado pela vice-prefeita Danyelle Pereira. Aguinaldo também participou de grande carreata ao lado de Rafael Maurício, que foi candidato a prefeito nas últimas eleições municipais e é um líder político bastante querido no município. Seguindo a agenda política, o candidato almoçou no Conde, juntamente com o padre Severino, que foi candidato a prefeito na cidade e obteve mais de 5 mil votos, e demais lideranças políticas do município.

“A nossa parceria com o padre Severino começa agora e se estende até 2016, onde ele será conduzido à prefeitura pelos braços do povo” declarou Aguinaldo. Ainda no sábado, o deputado federal esteve em Campina Grande, onde fez juntamente com sua irmã, a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) visitas à população.

Em seguida, na cidade de Umbuzeiro participou de uma reunião com o prefeito Thiago Pessoa e demais lideranças na Fazenda Prosperidade. E encerrou as atividades do sábado em um comício e participando das festividades da Festa da Padroeira da cidade de Aroeiras.

Já no domingo, Aguinaldo participou de grande carreata em Campina Grande, ao lado dos candidatos da Coligação A Vontade do Povo, Cássio Cunha Lima e Wilson Santiago, além de sua irmã Daniella Ribeiro e do seu pai Enivaldo Ribeiro, recebendo as inúmeras demonstrações de afeto da população de sua cidade natal. “Aqui em Campina Grande sinto um calor humano maravilhoso. Sempre é muito bom rever tantos amigos nessa cidade que tanto amo. Minha querida Rainha da Borborema. Acredito que eu e Daniella teremos uma votação expressiva não só aqui na nossa cidade como também em toda a Paraíba” comemorou.

Logo após o evento em Campina Grande Aguinaldo seguiu para Juarez Távora, onde também realizou carreata junto com a prefeita Ana, seu esposo Nal e o deputado Arnaldo Monteiro.

“Essa foi a maior carreata já registrada na história de Juarez Távora, onde a população foi às ruas expressar seu carinho pela prefeita Ana e seu esposo Nal. Vivi aqui momentos inesquecíveis” comemorou Aguinaldo.

Seguindo para a cidade de Queimadas, o deputado federal participou de comício ao lado do prefeito da cidade Jacó Maciel e do deputado Manoel Ludgério. “Chegou o momento de multiplicarmos os votos, Queimadas precisa eleger os representantes que amam essa terra e votando em mim e em Manoel Ludgério estão votando no prefeito Jacó” pontuou.

Na sequência, Aguinaldo foi até Algodão de Jandaíra onde foi recepcionado pelo prefeito Humberto e pelo vice-prefeito Leléu e lá realizou comício juntamente com o deputado estadual Arnaldo Monteiro.

“O momento é de focar no trabalho para que venha o resultado que a população precisa e graças a Deus após os recursos que já foram liberados quando eu estava no Ministério das Cidades para Algodão de Jandaíra, eu tenho certeza que nossa presidenta Dilma vai ser reeleita e com a reeleição dela iremos ajudar o município com ainda mais intensidade. Aqui existe a lei da semeadura quem planta trabalho colhe trabalho e aqui estão pessoas de bem que amam esta cidade de Algodão de Jandaíra” destacou.

Para fechar o domingo, Aguinaldo seguiu para a cidade de Araruna onde jantou com Vital Costa, com quem faz dobradinha política em diversos municípios da região. “Foi uma agenda bastante positiva esse final de semana, onde tivemos a oportunidade de visitar diversas regiões do estado e que hoje expressam a vontade da continuidade de trabalho do nosso mandato na Capital Federal. Eu só tenho a agradecer as demonstrações de carinho e receptividade de todos os paraibanos” comemorou o deputado.

Procon-JP e Sindicato dos Bancários: garantia de atendimento durante a greve


Procon-JP e Sindicato dos Bancários: garantia de atendimento durante a greve
A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), realizou uma Mesa de Diálogo na tarde desta segunda-feira (29), com representantes do Sindicato dos Bancários da Paraíba. O objetivo do encontro foi discutir as medidas a serem tomadas para que os consumidores pessoenses não sofram maiores prejuízos por causa da greve da categoria, que começa às 0h desta terça-feira (30).

Segundo o secretário em exercício do Procon-JP, Ricardo Holanda, a reunião teve como objetivo discutir as medidas que deverão ser tomadas para que os consumidores pessoenses não sofram prejuízos em face do movimento grevista da categoria “Primeiramente, gostaríamos de dizer que o Procon de João Pessoa respeita o direito de greve, mas tem a preocupação maior com o consumidor. Portanto, convidamos o Sindicato da categoria, assim como, os representantes dos bancos para dialogarmos a respeito do que vai ser feito em relação à segurança do consumidor, durante este período que nós consideramos tão crítico”, informou.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Henriques, no fim da reunião ficou definido que o abastecimento do autoatendimento será mantido. E a novidade para este ano é uma liminar impetrada pelo Ministério Público Estadual, impedindo que nenhum cliente seja prejudicado no que diz respeito ao pagamento de qualquer título no período de greve, podendo ser pago até 72 horas, após o término da greve. Como também, nenhuma tarifa extra poderá ser cobrada ao consumidor.

Ainda de acordo com o secretário do Procon, logo após a reunião com o Sindicato dos Bancários ficou definido que todos os caixas eletrônicos serão reabastecidos durante a greve, não havendo prejuízo para quem precisar de DINHEIRO; a segurança das agências também será garantida, enquanto ocorrer a paralisação das atividades; e também, os serviços prioritários à gestantes e idosos será feito de maneira normal. Fora essas questões, a preocupação maior do Procon neste momento de greve, é que o consumidor caso não consiga pagar suas contas durante este período, mesmo utilizando de meios alternativos como casas lotéricas, não seja prejudicado com o pagamento de juros posteriormente.

Dicas importantes - Neste período de paralisação, o consumidor deve procurar meios alternativos para realizar os pagamentos. São eles: casas lotéricas e internet, por exemplo. Caso não consiga realizar seus pagamentos de forma nenhuma, solicite um fiscal do Procon – JP através do 0800 0832015, para que a equipe se dirija até a agencia bancária e verifique a situação denunciada. Na tarde desta terça-feira (30), às 14h, o Procon – JP, vai se reunir com os representantes dos bancos, também para garantir que o consumidor não seja tão prejudicado com a paralisação das agencias.


PMJP