Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Procon-JP e Sindicato dos Bancários: garantia de atendimento durante a greve


Procon-JP e Sindicato dos Bancários: garantia de atendimento durante a greve
A Prefeitura Municipal de João Pessoa (PMJP), através da Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP), realizou uma Mesa de Diálogo na tarde desta segunda-feira (29), com representantes do Sindicato dos Bancários da Paraíba. O objetivo do encontro foi discutir as medidas a serem tomadas para que os consumidores pessoenses não sofram maiores prejuízos por causa da greve da categoria, que começa às 0h desta terça-feira (30).

Segundo o secretário em exercício do Procon-JP, Ricardo Holanda, a reunião teve como objetivo discutir as medidas que deverão ser tomadas para que os consumidores pessoenses não sofram prejuízos em face do movimento grevista da categoria “Primeiramente, gostaríamos de dizer que o Procon de João Pessoa respeita o direito de greve, mas tem a preocupação maior com o consumidor. Portanto, convidamos o Sindicato da categoria, assim como, os representantes dos bancos para dialogarmos a respeito do que vai ser feito em relação à segurança do consumidor, durante este período que nós consideramos tão crítico”, informou.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Bancários, Marcos Henriques, no fim da reunião ficou definido que o abastecimento do autoatendimento será mantido. E a novidade para este ano é uma liminar impetrada pelo Ministério Público Estadual, impedindo que nenhum cliente seja prejudicado no que diz respeito ao pagamento de qualquer título no período de greve, podendo ser pago até 72 horas, após o término da greve. Como também, nenhuma tarifa extra poderá ser cobrada ao consumidor.

Ainda de acordo com o secretário do Procon, logo após a reunião com o Sindicato dos Bancários ficou definido que todos os caixas eletrônicos serão reabastecidos durante a greve, não havendo prejuízo para quem precisar de DINHEIRO; a segurança das agências também será garantida, enquanto ocorrer a paralisação das atividades; e também, os serviços prioritários à gestantes e idosos será feito de maneira normal. Fora essas questões, a preocupação maior do Procon neste momento de greve, é que o consumidor caso não consiga pagar suas contas durante este período, mesmo utilizando de meios alternativos como casas lotéricas, não seja prejudicado com o pagamento de juros posteriormente.

Dicas importantes - Neste período de paralisação, o consumidor deve procurar meios alternativos para realizar os pagamentos. São eles: casas lotéricas e internet, por exemplo. Caso não consiga realizar seus pagamentos de forma nenhuma, solicite um fiscal do Procon – JP através do 0800 0832015, para que a equipe se dirija até a agencia bancária e verifique a situação denunciada. Na tarde desta terça-feira (30), às 14h, o Procon – JP, vai se reunir com os representantes dos bancos, também para garantir que o consumidor não seja tão prejudicado com a paralisação das agencias.


PMJP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog