Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

RC minimiza apoio de Mineral a Cássio e lamenta “promiscuidade” da campanha na Paraíba


RC minimiza apoio de Mineral a Cássio e lamenta “promiscuidade” da campanha na Paraíba
O governador Ricardo Coutinho (PSB), que disputa à reeleição no executivo estadual na Paraíba, minimizou a baixa na sua bancada na Assembleia Legislativa da Paraíba, provocada pela recente adesão do deputado estadual Antônio Mineral (PSDB) ao projeto tucano na Paraíba. O socialista ainda lamentou a promiscuidade no pleito deste ano e não poupou críticas aos adversários.

Conforme Ricardo, a política, este ano, “está mais promíscua” do que nunca. “Transformaram a política na Paraíba num verdadeiro balcão de negócios. Eu não participo disso. Eu não faço o Estado participar disso”, afirmou.

Coutinho, que agora conta com a minoria dos deputados na Casa, cerca de sete, disse que, se quisesse, teria o apoio da maioria dos deputados, no entanto, teria que usar métodos escusos, dos quais ele se nega a fazeruso.

“Podem ir quantos quiserem, que eu vou simplesmente, como eu tenho feito, dizer que o grande juiz disso será o povo no dia 5 de outubro. Pra mim pouco interessa se eu tenho 8, 10 , 12 ou 36 deputados. O que interessa é o que eu estou fazendo pela Paraíba, moralizando a política e acreditando na necessidade da política ser o grande instrumento de transformação da sociedade. Você não pode ter a política para acomodar grupos políticos ou interesses pessoais”, alfinetou.

E completou: “Toda a Paraíba sabe que se eu quisesse, hoje, eu mandava fazer uma fila e teria maioria dentro da Assembleia, mas com métodos que não seriam republicanos. Não seriam métodos da minha história, da minha vida e da minha consciência. Portanto, não me interessa isso. Se alguém foi, então foi e será julgado”.



Redação

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog