Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Relatório da AESA mostra que chuvas do fim de semana na Paraíba já ultrapassam o esperado para o mês


Relatório da AESA mostra que chuvas do fim de semana na Paraíba já ultrapassam o esperado para o mês
Amanheceu chovendo nesse começo de semana em Campina Grande, João Pessoa e em alguns municípios paraibanos. A chuva persiste durante esta tarde, obrigando a população a sair de casa agasalhada. Apesar da chuva intensa, a Defesa Civil não registrou nenhuma ocorrência nas chamadas áreas de risco da Rainha da Borborema.

As chuvas que caem na Paraíba desde a última sexta-feira já foram suficientes para ultrapassar toda a média pluviométrica do mês de setembro prevista pela Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

De acordo com os dados da Aesa, entre a noite da sexta-feira (5) e a manhã desta segunda-feira (8), a cidade onde mais choveu foi João Pessoa, com 94,6 milímetros de água, um volume 40% superior à média esperada para todo o mês.

Além de João Pessoa, o órgão também registrou 72,5 mm de chuva em Natuba, 70,2 milímetros em São Miguel de Taipú e 66 mm em Bananeiras. Em Campina Grande, apesar de ter caído 31,8 mm neste fim de semana, o valor também ultrapassa a média mensal prevista para setembro, que é de 28,2 milímetros.

Alagamento - Desde o último sábado as chuvas são registradas em toda João Pessoa e cidades vizinhas. Após alguns momentos de estiagem, na madrugada do último domingo, já faz mais de 24 horas que a precipitação não tem pausa. As chuvas inesperadas provocaram alagamentos de residências em áreas próximas a rios, obrigando diversas famílias a deixarem suas casas e se instalarem em abrigos provisórios. Ainda não há um número exato de pessoas atingidas.

AGOSTO - Se setembro começou chovendo na Paraíba, agosto não foi diferente. Segundo os dados da AESA, Serraria foi a cidade paraibana que recebeu mais chuvas em agosto.

Localizada a cerca de 130 quilômetros da capital paraibana, Serraria foi a cidade que registrou maior incidência de chuvas no mês de agosto – 109,8 milímetros.

A segunda colocada no ranking pluviométrico elaborado AEAS foi Pedras de Fogo, com 98,5 milímetros.

A Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba também registrou nos últimos 30 dias, índices pluviométricos próximos dos 100 milímetros em Alhandra (92,4mm), Areia (86,5) e Pilões (83,4mm). A maior incidência de chuvas ocorreu em cidades localizadas no Litoral, e em alguns municípios do Agreste e Brejo. No Sertão não houve acúmulos significativos.

E a previsão para as próximas horas é de mais chuvas. Segundo a meteorologista Carmem Becker as formações de nebulosidade baixa que se deslocam do oceano Atlântico em direção à costa leste da região Nordeste deixam o tempo instável e propício a ocorrência de chuvas especialmente nas regiões Litoral, Brejo e Agreste paraibano.


PBAgora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog