Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Secretário do PT diz que aparição de Dilma em guia de Vital também visou rebater críticas de RC; Rosas contesta


Secretário do PT diz que aparição de Dilma em guia de Vital também visou rebater críticas de RC; Rosas contesta
As críticas que o governador Ricardo Coutinho (PSB) fez no último fim de semana, durante a visita da presidenciável, Marina Silva (PSB) ainda repercutem de forma negativa no PT.

O secretário nacional da legenda, Florisvaldo Raimundo não gostou da atitude do candidato à reeleição ao Governo da Paraíba e justificou que a aparição da presidente Dilma Roussef (PT) no guia do candidato ao Governo, Vital do Rego Filho (PMDB) deve ter sido por esta atitude.

Raimundo destacou que Ricardo e seu partido teriam firmado um acordo de neutralidade na campanha e que descumpriu quando fez duras críticas ao governo Dilma e Lula.


"Eu acho que ele foi infeliz em suas declarações no comício. Acho que ele não precisava daquilo, talvez tenha tentado pegar uma carona, talvez para para melhorar seu desempenho, com o de Marina. O fato é que nomomento, a Marina não ajuda tanto mais, ela tem sofrido baixas importantes na campanha dela. Eu acho, na minha opinião, que se ele estivesse mantido a posição de neutralidade que ele firmou compromisso que tinha conosco, talvez a presidente não tivesse aparecido no guia de Vital. Mas como ele declarou apoio, se redimiu, as atividades da candidatura continuam e a aliança continua", explicou.


Presidente do PSB na Paraíba contesta versão


O presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas contestou as declarações do  secretário nacional do PT, Florisvaldo Raimundo, afirmando que em nenhum momento foi quebrado algum compromisso entre os partidos. 

De acordo com Edvaldo, não foi citado por parte do PSB nenhum acordo sobre neutralidade na campanha. 


"O PSB respeita a candidatura do PT e a candidatura de Dilma. Todos os partidos devem se respeitar. Temos uma candidatura nas ruas, temos um projeto com a sociedade, seja através de propostas, manifestos e isso tem que ser respeitado", afirmou Edvaldo Rosas. 

Ele acrescentou que não há nenhuma disputa com o PT e entende que tem que se respeitar os palanques diferentes. 


 PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog