Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Deputado Adriano Galdino acredita que governador Ricardo Coutinho vai obter maioria na Assembleia até janeiro


Deputado Adriano Galdino acredita que governador Ricardo Coutinho vai obter maioria na Assembleia até janeiro
 No primeiro mandado o govenador Ricardo Coutinho (PSB), teve dificuldades devido a não ter conseguido fazer maioria na Assembleia Legislativa. Diante da desvantagem, ele sofreu algumas derrotas na Casa com projetos rejeitados, e vetos derrubados.

No segundo mandato que se inicia no dia 1º de janeiro de 2015, RC deve ter um cenário mais favorável na Casa de Epitácio Pessoa. Pelo menos 15 dos 36 deputados eleitos, integram a base do governo e a perspectiva é que a bancada seja ampliada.


Em entrevista em Campina Grande, o deputado reeleito Adriano Galdino (PSB), garantiu que o socialista vai governar com maioria. Na entrevista concedida a uma emissora da cidade, Adriano, revelou que acredita que o governador vai conseguir a maioria na ALPB até janeiro. “Tenho absoluta certeza que Ricardo vai governar com a maioria, pois é importante devido aos embates que sofremos no primeiro governo do PSB”, afirmou.


Galdino que destacou também que seu apesar de ter passado 24 anos ao lado do grupo Cunha Lima, só vendo as qualidades, nesta eleição sofreu as retaliações por ser adversário. “Só via o lado bom nos 24 anos que estive ao lado de Cássio, agora nessas eleições recebi algumas retaliações, a exemplo do ataque ao meu irmão Murilo que me doeu muito.”

Para conduzir o seu segundo mandato, a bancada que deve dar sustentação à gestão do socialista contará com 15 dos 36 deputados eleitos para a próxima legislatura. No entanto, outros deputados deverão aderir ao socialista e integrar a bancada governista na Casa de Epitácio Pessoa.

Ricardo deve contar com o apoio de Doda de Tião (PTB), Tião Gomes (PSL), Zé Paulo (PC do B), João Bosco Carneiro Júnior (PSL), Adriano Galdino (PSB), Estela Bezerra (PSB), Lindolfo Pires (DEM), Ricardo Barbosa (PSB), Buba Germano (PSB) e Jeová Campos (PSB).

Além desses, Ricardo deverá receber apoio dos deputados que aderiram no segundo turno do pleito: Anísio Maia (PT), Frei Anastácio (PT), Nabor Wanderley (PMDB), Inácio Falcão (PT do B), Gervásio Maia (PMDB) e Galego de Sousa (PP). No entanto, a bancada de Ricardo ainda pode ser reforçada pelo deputado Raniery Paulino (PMDB) que adotou postura de neutralidade no 2º turno das eleições estaduais.

Entre os deputados que irão integrar a bancada oposicionista ao seu governo, o governador reeleito vai enfrentar os quatro deputados que receberam o maior quantitativo de votos: Manoel Ludgério (PSD), Daniella Ribeiro (PP), João Henrique (DEM) e Ricardo Marcelo (PEN).

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog