Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

BATEU LEVOU: deputado taxado de ingrato rebate importante prefeita sertaneja: “Ela foi indelicada e injusta!”


BATEU LEVOU: deputado taxado de ingrato rebate importante prefeita sertaneja: “Ela foi indelicada e injusta!”
Bastante magoado, o deputado estadual reeleito José Aldemir Meireles (PEN) concedeu entrevista ao PB Agora nesta quarta, 12, e se posicionou sobre as criticas feitas pela prefeita de Cajazeiras, Denise Albuquerque que durante entrevista na Terra do Padre Rolim o taxou de ingrato. Zé engrossou o tom e deu a sua versão para o ocorrido, o parlamentar disse que Denise dá ouvido a bajuladores.

Inicialmente Aldemir, disse que agradeceu todos os votos recebidos tendo feito saudações inclusive a prefeita de Cajazeiras, de maneira nominal em diversas entrevistas na imprensa sertaneja.


“Ela foi indelicada e injusta! Por que ela não deveria naturalmente me tratar dessa forma, quando eu sempre tive muito estima e fui grato! Agradeci a ela naturalmente, agora todas as eleições de 2000 até hoje estou apoiando Carlos Antônio que é meu amigo tenho todo o estima por ele, assim com por Denise que é uma pessoa, digna e quero bem a ela e a sua família. E lamento por esse deslize e esse mau juízo feito por ela em aceitar essa informação de quem não tem responsabilidade”, desabafou.





Para Zé, muita gente está interessada em fazer um inferno no relacionamento entre ele e a prefeita de Cajazeiras.


“Tenho certeza absoluta que foi uma informação de alguém que faz parte do Governo e está querendo mostrar serviço através de uma atitude de bajulação, essa é a grande verdade, de quem deu essa informação desvirtuada”, frisou o parlamentar que obteve quase 40.000 votos nas últimas eleições.


Aldemir negou arranhões com o grupo político de Denize.



“Eu só lamentei, ela assimilar uma informação descabida, inconseqüente, e fiquei triste por que ela me adjetivou de ingrato e disse que eu teria que me desculpar publicamente”, frisou.


ENTENDA:  O estopim do conflito aconteceu durante entrevista concedida pela esposa do secretário Carlos Antônio aRádio Alto Piranhas, ao ser questionada sobre uma declaração do deputado José Aldemir de que sua vitória se deveu aos serviços que tem prestado a população, Denize foi dura na resposta: “Zé Aldemir foi infeliz e ingrato”, exigindo que o deputado se desculpe publicamente.


Segundo relatos, na sua fala a prefeita reconheceu que, em virtude da tendência de secretários e vereadores da base da situação em votar em José Aldemir, teve que pessoalmente trabalhar em defesa da candidatura de Jeová Campos – “Ninguém conduz um barco sozinho”, ainda se referindo à votação que o deputado José Aldemir obteve em Cajazeiras, atribuindo o resultado aos apoios que ela e seu esposo Carlos Antonio liberaram para Aldemir.


O deputado não se retratou e deu a sua versão para a queda de braço.


Henrique Lima 

PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog