Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Cássio critica aumento de conta de energia seis vezes acima da inflação

Cássio critica aumento de conta de energia seis vezes acima da inflação
O líder do PSDB no Senado, senador Cássio Cunha Lima (PSDB), criticou duramente o ‘tarifaço’ de 40%  no valor da conta de energia elétrica, anunciado hoje pelo governo federal e que atinge em cheio a renda das pessoas. Para ele, é impossível que aumentos, como este que ocorre agora, não afetem duramente a renda do trabalhador. “Vivemos claramente uma era de comprovação do estelionato eleitoral do qual a sociedade foi vítima em 2014″, disse o senador.
Cássio lembrou quando, em rede nacional, ainda em 2013, a presidente Dilma Rousseff anunciou que as contas de energia estariam 18% mais baratas ao consumidor numa clara ação eleitoreira, tendo em vista que ficou comprovado que o país não tinha reserva estratégica para bancar tal redução e as contas públicas já estavam absolutamente desorganizadas:”O que o governo disse, com aquele anúncio em 2013, foi que as pessoas poderiam gastar mais energia e o que se viu, nos meses seguintes, foram diversos apagões, devido – principalmente – à falta de investimentos no setor elétrico”.
Conforme aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), as contas de luz dos consumidores residenciais de Campina Grande, Queimadas, Boa Vista, Massaranduba, Lagoa Seca e Fagundes terão reajuste de quase 40%. “Está mais uma vez comprovado que, o que foi feito em 2013, tinha deslavado objetivo eleitoreiro e, agora, o cidadão é mais uma vez penalizado pela incompetência gerencial do governo que somente após as eleições de 2014 revelou a real situação econômica do país” – acusou o senador.
“Vale lembrar que a inflação do ano passado beirou os 7% . Logo, esse aumento de 40%, na prática, é seis vezes superior ao índice de inflação no período.  E, obviamente, atinge duramente o salário do trabalhador, pois a conta de energia é um gasto relevante no orçamento das pessoas”, declarou Cássio.
O líder do PSDB no Senado lembrou, ainda, as constantes altas dos preços dos combustíveis praticadas pelo governo federal que, apesar da grande queda no preço internacional do petróleo, apenas imputa aumentos ao cidadão, como se ele fosse culpado por todos os desmandos ocorridos na Petrobrás e seja obrigado a pagar mais essa conta. “Esse ‘tarifaço’ decorre da política energética equivocada do governo Dilma somado ao descalabro da gestão petista” – acusou.
“É lamentável que o governo federal não tenha feito o dever de casa, como por exemplo, enxugar o tamanho da máquina administrativa, hoje loteada entre os seus apoiadores, e queira impor, aos trabalhadores brasileiros, o pagamento por tudo de errado que o próprio governo fez e que, está claro, quer continuar fazendo”- disse o líder o PSDB.
Portal do Litoral PB
Com Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog