Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Execução de radialista teve participação de 3 assassinos em moto com apoio de carro branco

1908401_445878742241794_7939782889098024515_n201502270113440000003039
O delegado Reinaldo Nóbrega disse, afirmou que já deu início as primeiras investigações para apurar o assassinato do radialista Ivanildo Viana da Silva, executado a tiros na final da manhã desta sexta-feira no entroncamento das BRS 101 e 230 no município de Santa Rita.
De acordo com o delegado, as primeiras informações apontam que o crime teria sido cometido por três homens que estavam de moto. Reinaldo Nóbrega explicou que dois acusados estavam numa motocicleta vermelha e o homem que estava de carona teria efetuado três tiros nas costas do radialista.
Logo em seguida um deles se aproximou e, quando o Ivanildo se encontrava no chão agonizando, foi atingido com um tiro na cabeça que perfurou o capacete. Depois que o radialista já estava morto às margens da rodovia, outro homem teria aparecido e colocado a moto em pé como forma de mudar a cena do crime e assim atrapalhar as investigações.
Ainda segundo a polícia, os assassinos tiveram apoio de outros comparsas que estariam em um carro branco.
O delegado Reinaldo Nóbrega foi designado em caráter especial pelo secretário de Segurança e Defesa Social, Cláudio Lima para apurar o assassinato do radialista Ivanildo Viana.
Em nota de pesar divulgada à imprensa, Cláudio Lima, que esteve no local do crime, já recomendou ao superintendente da Polícia Civil da Região Metropolitana de João Pessoa atenção especial para o ocorrido no desejo de identificação dos criminosos.
No local do crime, os peritos do Instituto de Polícia Científica (IPC) constataram que o radialista foi atingido com três tiros nas costas e um na cabeça.
O comandante do 7º Batalhão, em Santa Rita, coronel Júlio César afirmou que apesar do crime ter ocorrido na esfera federal os orgãos de segurança vão unir forças para chegar até os acusados e com isso descobrir os motivos do assassinato.
O corpo do radialista já foi liberado da Gerência de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) e está sendo velado na Associação de Moradores do Prosinde, em Mangabeira. O sepultamento ocorrerá no cemitério Santa Catarina, às 17h, no Bairro dos Estados.


PORTAL DO LITORAL 
Com paraiba.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog