Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Tulmulto, quebra-quebra e muita correria – Sessão da Câmara Municipal vira caso de Polícia noite de ontem no Conde.

DSCN4925A sessão da Câmara dessa última segunda-feira dia 23 entra para história da cidade de Conde, como uma das mais agitadas dos últimos 50 anos. Na verdade, ela nem aconteceu.
Antes mesmo de começar a sessão que provavelmente seria marcada pela renúncia do atual Presidente Denis Ponte de Oliveira, mas segundo denúncia de pessoas que estavam na casa, o presidente se retirou por alguns instantes para atender um conversa ao pé de ouvido com o atual Secretário de Comunicação da Prefeitura.
Ao retornar a sessão o seu semblante já não era o mesmo. Em dado momento o Vereador Fabio Tatu, juntamente com o colega Emerson começaram a bater boca com Sanderson Duarte, Primeiro Secretário e Naldo Cel, oposição cerrada na casa.
Daí por diante foi uma confusão generalizada tomou conta da casa de Cícero Leite. Bastante alterado, Tatu que estava com seu notbook em umas das mãos, bateu com o aparelho várias vezes sobre a mesa chamando os pares da casa de desonestos e corruptos.
O presidente que já estava nervoso passou mal com as atitudes dos parlamentares e também com a correria e gritos que se instalou no plenário da casa.
Nesse momento Denis precisou ser socorrido às pressas para o hospital, amparado por servidores da casa e amigos. Segundo informação do vereador Juscelino, a pressão arterial de Denis estava em 23X13, o que é muito alta. O que indica que por muito pouco, ele não teve um infarto. O Presidente foi medicado e orientado e segue em observação.
O caso começou a se complicar, pois muita gente que estava na sessão usaram nariz de palhaço em repúdio as parlamentares da casa.
A Polícia foi acionada para conter os ânimos e os vereadores Sanderson Duarte e Emerson relataram que foram ameaçados pelos colegas.
Os Policiais resolveram convidar os vereadores envolvidos na confusão para irem até a delegacia de Policia Civil em Alhandra. Nesse momento o secretario de Comunicação Alysson Campelo, teria, segundo versão dos policiais, tentado impedir que os vereadores fossem conduzidos na viatura para a delegacia, o tenente da guarnição resolveu da voz de prisão ao secretário. A acusação seria de desacato. Campelo foi preso em flagrante.
Em entrevista a Imprensa, Campelo disse que a sua detenção foi arbitrária e desnecessária. O secretário de Comunicação enfatizou ainda que foi detido, por meio de influência do grupo que faz oposição a atual gestão.
Infelizmente não teve jeito, os parlamentares foram conduzidos a DP de Viaturas pela Policia Militar. A nossa reportagem acompanhou todo o desfecho da história, e segundo o que se sabe, até agora nada foi resolvido sobre o caso do Afastamento de Denis Pontes da Presidência.
Vários membros do grupo ligado a gestão foram até a Delegacia de Alhandra, inclusive a Prefeita Tatiana.
Segundo a imprensa Paraibana divulgou em Rádio e TV, o caso da queda do Presidente Denis Pontes foi motivada por denúncia de gastos excessiva nas diárias e nepotismo.
Tanto o Secretário,como os vereadores envolvidos na confusão foram liberados mais tarde, depois de serem ouvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog