Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sexta-feira, 6 de março de 2015

Para fugir da crise, PT discute pacto político e inclui PSDB


Para fugir da crise, PT discute pacto político e inclui PSDB
A gestão Dilma Rousseff começa a considerar a hipótese de resolver a “deterioração do quadro político” com um pacto nacional  que inclua o PSDB, principal partido de oposição ao petismo. A ideia surge em meio à avalanche de inquéritos contra políticos citados na Operação Lava Jato, que investiga o esquema de corrupção na Petrobras, e diante de uma parceria “capenga” entre PT e PMDB, como classificou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), com o agravante da crise econômica que obriga o governo a tomar medidas impopulares.

A informação é da colunista Mônica Bergamo, na edição desta sexta-feira (6) do jornal Folha de S.Paulo. Dirigentes e ex-ministros do PT já discutem a trégua para fugir do conjunto de problemas.

O “empurrão” no acordo suprapartidário teria o patrocínio de setores empresariais e financeiros “com pânico da recessão”, diz Mônica Bergamo, com a informação de que apenas o setor de máquinas e equipamentos estima uma demissão em massa de cerca de 30 mil em 2015. Além do setor produtivo, as próprias lideranças políticas acometidas pela crise estariam empenhadas em mudar o quadro.

A colunista lembra ainda que, nesta semana, uma mobilização de milhares de professores em greve foram às ruas protestar contra o governador do Paraná, Beto Richa, do PSDB. Outro exemplo foi a recente onda de bloqueios de estradas em diversos estados do país, por parte de caminhoneiros insatisfeitos com o aumento do preço do diesel e do valor do frete. A situação levou a presidenta Dilma a sancionar na segunda-feira (2), sem vetos, a Lei dos Caminhoneiros.



Congresso em Foco

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog