Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Aliados de Cássio não defendem tucano na ALPB

 Aliados de Cássio não defendem tucano na ALPB
As críticas desferidas ontem, quarta-feira (22), pela deputada Estela Bezerra (PSB), na Assembleia Legislativa da Paraíba, contra a gestão tucana, ao lembrar-se da omissão dos parlamentares no que diz respeito ao escândalo de corrupção no Governo Cássio com a distribuição dos cheques da FAC, foi literalmente ignorada pelos aliados do tucano, que preferiram evitar rebater a colega.

Estela discursava sobre a falta de motivos para realizar uma CPI do Empreender Paraíba no Governo Ricardo Coutinho quando ressuscitou o escândalo que culminou na cassação do então governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Não vejo motivo para que se abra uma CPI para o Empreender nessa Casa. Já houve em outros tempos omissão dessa Casa em relação a distribuição de cheques da Fac sem legislação. O Empreender é legal, passou por essa Casa, está na LOA e na LDO”, disse.

Apesar de ser membro da família Cunha Lima, o deputado novato, Bruno Cunha Lima (PSDB) deixou o parente ser “fritado” na Casa e sequer emitiu um pronunciamento para defender o líder político do PSDB, Cássio Cunha Lima.

Outro tucano, também beneficiado pelas bases políticas da família Cunha Lima e que evitou sair em defesa do principal líder político do PSDB, foi o deputado Tovar Correa Lima (PSDB). Mesmo sendo “da cozinha” dos Cunha Lima, assim como Bruno, Tovar não se manifestou e deixou que as críticas da socialista Estela Bezerra ganhassem ainda mais força.

Também causou estranheza o silêncio do deputado Manoel Ludgério (PSD). Aliado da família Cunha Lima, inclusive tendo rompido com o Governo RC para marchar ao lado de Cássio, o parlamentar também não defendeu a antiga gestão tucana. Dinaldo Wanderley, autor da propositura e filiado ao PSDB, e Camila Toscano (PSDB) também evitaram entrar no embate deixando a gestão tucana administrada por Cássio cada vez mais atrelada a escândalos de corrupção.


PB Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog