Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 16 de abril de 2015

Polícia investiga suspeito de praticar homicídios no Litoral Sul que tem três identidades

11046341_959565820743633_5302671805583906915_n
A Polícia Civil, por meio do Núcleo de Homicídios da Delegacia Seccional de Alhandra, prendeu na última terça-feira (14) no município do Conde, um homem suspeito de ser o mandante e executor de vários homicídios no Litoral Sul da Paraíba. Por utilizar identidades falsas, o suspeito é conhecido pelo codinome de ‘Panga’ e tinha mandado de prisão em aberto com os nomes de Elton de Oliveira e Claudemir Correia.
“Ele tinha mandados de prisão em aberto nessas duas identidades falsas que apresentou, inclusive ele já tinha passado pelo Sistema Prisional do estado com esses dois nomes. Já tinha respondido pelos crimes de tráfico e ainda por porte ilegal de arma. Como tínhamos o mandado de prisão, empreendemos uma operação em conjunto com a Polícia Militar, que nomeamos de ‘Dupla Identidade’, e conseguimos prendê-lo e ainda o autuamos em flagrante por uma quantidade de droga e uma arma que foram encontrados na residência dele no município do Conde”, disse a delegada do Núcleo de Homicídios de Alhandra, Flávia Assad.
Segundo a delegada, além de possuir identidades falsas, ele está sendo investigado por ameaçar policiais em várias cidades do estado. “Estamos investigando várias denúncias que recebemos contra ele. O que conseguimos coletar, até agora, é que ele confessou que é traficante de drogas e provavelmente todas as mortes que ele teria sido o mandante ou o executor estão relacionadas com essa prática criminosa”, frisou Assad.
Logo após a prisão, a Polícia Civil solicitou ao Instituto de Polícia Científica (IPC) os exames de identificação criminal, já que o suspeito apresentou uma terceira identidade, e afirmou que era a verdadeira. “Como não sabemos a idade nem a real identidade do homem, ele foi levado para o IPC onde vamos identificá-lo e fazer os procedimentos. Nesta terceira identidade apresentada ele diz que é natural do Estado de São Paulo. Ainda vamos fazer o cruzamento de dados para saber a verdadeira identidade do criminoso”, finalizou.
Enquanto não for identificado, ele vai aguardar a decisão da Justiça na Cadeia Pública do Município e deverá responder pelos crimes de tráfico de drogas, falsidade ideológica, homicídio e ainda porte ilegal de arma.

Secom/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog