Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Servidores invadem gabinete de Cunha


Servidores invadem gabinete de Cunha
Funcionários da Câmara dos Deputados fizeram um protesto nesta sexta-feira (19) em frente ao gabinete do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), contra a possibilidade de a Mesa Diretora mudar a gestão do fundo do plano de saúde dos servidores. Eles se concentraram no Salão Verde aos gritos de: “Não, não, no Pro-saúde, não!”.

No momento da manifestação, Cunha já havia deixado a Câmara. Os servidores, então, decidiram que farão novo protesto na próxima segunda (22). 

Segundo o vice-presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo (Sindilegis), Paulo Cezar Alves, o protesto é uma reação à informação de que a Mesa Diretora estaria analisando possibilidade de “mexer” com as reservas do Pro-saúde, um fundo composto com recursos dos servidores, deputados e da União para custear a assistência à saúde dos funcionários da Câmara.

“O presidente quer mexer no fundo de reserva do plano de saúde. Os recursos que estão na reserva são usados para eventualmente custear tratamentos caros ou para pagar a assistência de saúde dos servidores no futuro, já que os custos estão aumentando com o passar do tempo”, disse Alves.

“Nós pagamos em conjunto , os deputados e servidores, R$ 18 milhões por mês. São 6 mil pessoas a R$ 300 reais mais ou menos. E a União coloca a sua parte por meio do Orçamento da Câmara. Só que eles não gastam e pediram R$ 33 milhões da União esse ano. Tenho que zelar pelo dinheiro do contribuinte. Para que vou colocar dinheiro do contribuinte num fundo que não é gasto?”, questionou o peemedebista.


G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog