Total de visualizações de página

Horario de Brasilia

PITIMBU NOTÍCIA

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Polícia da PB reforça segurança nas divisas com PE após fuga de presos

Fuga em massa ocorreu na noite da quarta-feira (21).
Polícia de Pernambuco estima que o número de foragidos pode chegar a 20.

Do G1 PB









A Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) da Paraíba reforçou o policiamento das divisas com Pernambuco nesta quinta-feira (21) depois que ocorreu uma fuga em massa na Penitenciária Barreto Campelo, localizada na Ilha de Itamaracá, Região Metropolitana de Recife, na noite dessa quarta-feira. A ação da polícia da Paraíba inclui reforço na extensão de toda a divisa e principalmente na área do Litoral Sul paraibano, região de Pitimbu, Caaporã, Pedras de Fogo, Conde e Alhandra.
O comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, afirmou que já se reuniu com os gestores do Comando Regional Metropolitano, na área da 1ª Companhia Independente, sediada em Alhandra, a fim de intensificar as estratégias de trabalho. “Inicialmente nós reforçamos o policiamento com uso dos efetivos das Forças Táticas dessa unidade, com suporte do Batalhão de Operações Especiais (Bope), para estabelecer respostas imediatas, e também Batalhão de Trânsito, por meio da Companhia de Polícia  Rodoviária. As agências de Inteligência das Forças de Segurança também estão interligadas para buscar informações que nos conduzam a prisões”, frisou Euller Chaves.
O capitão Kelton Pontes, comandante da 1ª Companhia Independente, com sede em Alhandra, disse que a Polícia Militar desde a quarta-feira à noite instalou pontos de bloqueios, com blitz e ‘checkpoints’ em áreas estratégicas. “Na madrugada de hoje durante nossos pontos de bloqueios prendemos três pessoas que são naturais de Nazaré da Mata (PE). Eles portavam uma arma de fogo e ainda seis munições. Já entramos em contato com o comandante da Companhia da Polícia Militar em Goiana (PE), que está nos atualizando com informações e nos enviou fotografias dos foragidos”, afirmou o capitão.
Suspeitos foram presos com touca ninja, munições e uma granda pela PM (Foto: Ronan Tardin / TV Globo)Suspeitos foram presos pela PM  de Pernambuco
(Foto: Ronan Tardin / TV Globo)
Fuga
Um tiroteio seguido de fuga ocorreu na noite desta quarta-feira (20), na Penitenciária Professor Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, na Região Metropolitana do Recife, de acordo com a Polícia Militar de Pernambuco. Os detentos conseguiram fugir por um buraco após o muro localizado próximo a uma das guaritas ser explodido. Até as 12h (horário local) não havia a confirmação oficial de quantos detentos conseguiram fugir da unidade prisional e se há feridos, mas informações iniciais da PM de Pernambuco dão conta que o número de foragidos pode chegar a 20.

A polícia de Pernambuco passou toda a madrugada realizando buscas e informou que segue em campo para tentar recapturar os presos que fugiram. Ao menos quatro homens foram presos ao serem encontrados, durante as revistas, com toucas ninjas, munições e uma granada dentro de um carro que tentava deixar a ilha. Segundo o Major Alexandre Jorge, da Polícia Militar, já existe a confirmação de que os quatro detidos não são foragidos da penitenciária, mas a PM ainda investiga se há ligação do grupo com a fuga dos presidiários. Outros dois homens, ligados à fuga dos detentos da penitenciária, foram presos no município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

A ponte que dá acesso a Itamaracá foi fechada pela polícia durante a noite. Todos os carros que passavam pelo local eram revistados. Na manhã desta quinta, a ponte foi reaberta, mas os trajeto ainda está sob fiscalização policial. De acordo com a Secretaria de Ressocialização (Seres), o número oficial de foragidos será repassado após levantamento nominal. Ainda segundo a Seres, será aberta uma sindicância para apurar a ocorrência. Na manhã desta quinta, o buraco deixado pelos presos durante a fuga já foi fechado e o Batalhão de Choque chegou à penitenciária para contabilizar quantos presos fugiram da unidade prisional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

é um prazer em ter seu comentário em nosso blog